Jogador do Fluminense já foi a pé de Feira à igreja do Bonfim em Salvador

Após sofrer lesão, o ponta Chumbinho fez uma promessa

Em grande fase, em meados da década de 70, o ponta Chumbinho tinha alucinado a defesa do Esporte Clube Bahia em plena Fonte Nova. No entanto, após sofrer uma entrada forte de Roberto Rebouças e sofrer uma fratura feia na perna direita, o jogador fez uma promessa. “Se eu me recuperar vou andando de Feira à igreja do Bonfim em Salvador”. A fé acelerou a recuperação do jogador que logo meteu o pé na estrada para percorrer os 110 KM da BR 324. O diretor do clube feirense na época, Raimundo Santana e o funcionário Régis acompanharam o jogador de carro, dando todo o suporte necessário ao atleta. Chumbinho só parou quando chegou nas escadarias da igreja.

 

Chegando lá, encontrou o seu terrível marcador, Roberto Rebouças, que, com lágrimas nos olhos, pediu perdão ao atacante tricolor. Chumbinho perdoou Roberto, porém o futebol do ponteiro nunca mais foi o mesmo, pois após essa lesão, não conseguia disputar mais uma partida inteira, aguentando jogar apenas 45 minutos, segundo relatos contidos no Livro “Fluminense 50 anos” produzido por Carlos Mello e Carlos Brito.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*