Ex-goleiro do Vitória fala sobre situação no Vasco: ‘Já cumpri todas as metas’

contrato do goleiro com o Cruz-Maltino vence em dezembro

Em São Januário desde 2018 quando deixou o Esporte Clube Vitória, o goleiro Fernando Miguel é um dos líderes do elenco, porém, seu futuro no clube carioca é incerto, isso porque o contrato se encerra no final deste ano e tudo indica que a temporada 2020 só será finalizada em meados de 2021 por conta da paralisação em razão da pandemia do coronavírus. Em crise, Vasco não pagou salários a grande parte do grupo em 2020, somente os atletas com salários inferiores a R$ 50 mil receberam a folha de janeiro. Mas, se a vontade do goleiro prevalecer, “a história vai continuar”, sendo publicou o portal Net Vasco. O jogador, porém, lembra que atingiu a maioria das metas estipuladas no contrato assinado em 2018, mas faz ressalvas.

 

“As conversas ainda não se iniciaram. Existem alguns gatilhos no meu contrato, que foi assinado há algum tempo, que já foram cumpridos. Acho que identificação, lealdade e essa construção entre atleta e clube precisam existir para que as histórias continuem sendo escritas. No que depender de mim, essa história vai continuar. Mas vou repetir: ainda não foi iniciada uma discussão sobre renovação de contrato apesar de eu já ter cumprido praticamente todas as metas que estavam lá estipuladas.”

A primeira passagem de Fernando Miguel pelo Vitória foi em 2013, contratado junto ao Juventude, mas ele sequer jogou. Ele retornou ao clube na temporada seguinte. A partir de 2015, começou a ganhar espaço na equipe e fez 37 partidas. A temporada em que mais jogou foi a de 2017, quando entrou em campo 54 vezes. Ao todo, disputou 151 partidas com a camisa do Vitória e deixou o clube após perder a titularidade para o goleiro Caíque por opção do técnico Vagner Mancini na época.

Deixe seu comentário

1 Trackback / Pingback

  1. Ex-Vitória faz promessa caso o Vasco conquiste título ou vaga na Libertadores

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*