Em despedida, Dado agradece diretoria do Bahia e diz entender decisão

Dado Cavalcanti tem contrato com o Bahia até nesta segunda

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Contratado em abril do ano passado para comandar o time de transição, o técnico Dado Cavalcanti tem contrato encerrando nesta segunda-feira (20) com o Esporte Clube Bahia, e como esperado, por conta da pandemia do coronavírus que paralisou as competições e deixou o futuro incerto no futebol brasileiro, o vínculo do treinador não será renovado, afinal, o Campeonato Baiano não tem certeza de ser retomado e o Brasileiro de Aspirantes talvez não seja realizado. Nesta segunda, através de comunicado, o Esquadrão anunciou a interrupção do projeto de transição. Além dele, também deixam o clube o auxiliar Pedro Gama e o treinador de goleiros Daniel Crizel. Por meio de nota, Dado se despediu do Bahia. Veja abaixo:

 

Quero agradecer enormemente a direção do EC Bahia por esse período em que tive a oportunidade de trabalhar no Clube. Nesses doze meses pude ver bem de perto o gigantismo e a estrutura do Bahia e o fanatismo da torcida tricolor.

Os objetivos planejados para a Equipe de Transição foram atingidos e, em alguns momentos, superados. Chegamos em terceiro lugar no Campeonato Brasileiro de Aspirantes. No Campeonato Baiano, até a paralisação da competição, na sétima rodada, permanecemos na liderança com 15 pontos em 7 jogos. Mantivemos também a invencibilidade com a defesa menos vazada, o melhor ataque e vencemos o clássico estadual fora de casa.

Neste trabalho também pudemos colocar à disposição do técnico Roger Machado, da equipe principal, jovens atletas em condições de contribuir com o processo desportivo e de retroalimentação financeira do clube.

Todos nós sabemos das dificuldades que a pandemia do coronavírus impôs a todos os seguimentos da sociedade e entendo tudo que a diretoria do Bahia é obrigada a fazer para preservar a saúde financeira do Clube.

Estávamos negociando a renovação do meu contrato, mas a situação financeira mudou. Fica meu sentimento do dever cumprido e o agradecimento pela grande oportunidade que tive como treinador da Equipe de Transição.

Quero agradecer também a todos os profissionais com quem tive o prazer de trabalhar, aos atletas, aos demais setores do Clube e à diretoria. Tenho a certeza que pelo nível das pessoas responsáveis pelo Bahia, o Clube está em ótimas mãos.

Comentários:

3 Comentário

  1. Rapaz esses torcedores das sardinhas, são voluveis agora esse dado e o melhor treinador do mundo, quase cai se não fosse o fraco Vasco e o Fortaleza, se as sardinhas caísse os caras iam tirar esse treinador a pauladas, e por isso que não gosto do Bahia e fraquíssimo é se acham os melhores do mundo, aliás esses times da Bahia são horríveis, todo ano a mesma coisa, comemoram nada todo ano campeonato bahiano , onde os times do interior não tem nem o que comer

    • Misericórdia, as galinhas fujonas não caiu pra terceirona, porquê nenhum dos times que caíram ganharam pelo menos os 6 últimos jogos, agora esse maluco quer falar de um time Bi campeão Brasileiro…
      Se preocupe com sua carniça, pra não cair pra terceirona dessa vez, que pra subir, já era !!!

  2. O presidente do Bahia quando entrou era ótimo mas como foi eleito pela segunda vez não esta legal precisamos com urgência um bom goleiro e bons atacantes a torcida merece

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*