Vice-presidente da FBF acha pouco provável que o Baianão seja concluído

Campeonato Baiano de 2020 pode não ser concluído

Foto: Carlos Santana / Divulgação FBF - Max Haack / Ag. Haack

Paralisado por tempo indeterminado devido a pandemia do Coronavírus, o Campeonato Baiano de 2020 está ameaçado de não ser finalizado. Além da falta de calendário, que também irá afetas outras competições, existem outros problemas, como os contratos dos jogadores dos times do interior que estão expirando. Com isso, se a situação se prorrogar, vai acabar sendo inviável a continuidade do Estadual, foi o que frisou o vice-presidente da Federação Bahiana de Futebol (FBF), Manfredo Lessa, que disse também ser “pouco provável” que consiga concluir a competição esse ano.

 

“Infelizmente sim. Temos problemas com contratos de atletas que estão expirando e de calendário. Se a situação se prorrogar por muito tempo, vai acabar sendo inviável o prosseguimento das competições estaduais. Situação ficou muito complicada. A gente tem que ser realista no momento. Vamos tentar de tudo. Acho muito pouco provável que a gente consiga concluir o Campeonato Baiano esse ano”, comentou.

Ainda restam duas rodadas para o término da primeira fase. Oito times disputam quatro vagas para a semifinal do Campeonato Baiano, sendo que o Bahia lidera com 15 pontos, seguido por Jacuipense, Bahia de Feira e Vitória, formando o G-4. Atlético de Alagoinhas, Juazeirense, Fluminense de Feira e Vitória da Conquista tentam beliscar uma vaga. Doce Mel e Jacobina disputam para ver quem se salva do rebaixamento.

“A nossa preocupação é o que vai acontecer quando a situação voltar ao normal. A gente vai fazer de tudo para tentar concluir o Campeonato Baiano. Mas se chegar à conclusão, juntamente com os clubes, sempre junto com os cubes, de que não é possível, aí vamos ver como é que vamos tratar a situação”, completou.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*