Mais dois clubes baianos desmontam elenco após suspensão do Estadual

Flu de Feira e Atlético-BA desmontaram seus elencos

Com a suspensão do Campeonato Baiano devido a pandemia do Coronavírus, os clubes seguem desmontando seus elencos. Sem calendário no segundo semestre do ano, a Juazeirense, através do presidente Roberto Carlos, comunicou durante a semana que desfez o grupo. Outro que também dispensou o elenco foi o Vitória da Conquista, que disputará a Série D do Brasileirão neste ano. Doce Mel seguiu o mesmo caminho adotado pelos demais, além também do Esporte Clube Vitória, que desmanchou o time de aspirantes, incorporando alguns atletas ao sub-20, enquanto outros sem idade júnior serão emprestados ou desligados. O técnico Agnaldo Liz também foi demitido.

 

Além dos já citados, mais dois clubes dispensaram os jogadores. Um deles é o Atlético de Alagoinhas, que disputará a Série D do Campeonato Brasileiro, mas preferiu rescindir os contratos de todos os atletas, informação confirmada pelo presidente do Conselho Deliberativo do Carcará, Raimundo Queiroz. O outro é o Fluminense de Feira, que não disputaria nenhuma outra competição em 2020.

“A gente achou melhor liberar os jogadores e rescindir o contrato, porque quem sofre é o time do Interior da Bahia, principalmente o Fluminense, que não tinha calendário. Então, achamos melhor, como não tínhamos nenhuma perspectiva de retornar o campeonato, procuramos fazer a coisa correta, que foi liberar os jogadores”, disse o presidente do Flu de Feira, Deputado Pastor Tom, ao Galáticos.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*