Galícia volta atrás e desiste de disputar a Série B do Baiano em 2020

Clube é cinco vezes campeão baiano (1937, 1941, 1942, 1943 e 1968)

icone

Mesmo após confirmar a inscrição, o Galícia Esporte Clube voltou atrás e não irá mais disputar a Série B do Campeonato Baiano em 2020. O clube, cinco vezes campeão baiano (1937, 1941, 1942, 1943 e 1968), esbarra na dificuldade financeira, além também da reforma do Parque Santiago, Centro de Treinamentos do Granadeiro. Atualmente, o clube é presidido por Manolo Muñoz, que tem mandato até dezembro de 2021. Com a desistência do Granadeiro, a competição tem até o momento seis clubes garantidos: Canaã, Jequié, Barcelona de Ilheús, Colo Colo, Unirb e Teixeira de Freitas.

 

Outro clube que deve oficializar a sua participação é o Olímpia, que ficou com o vice-campeonato no ano passado ao perder para o Doce Mel na decisão. O clube é bancado pelo meia-atacante Anderson Talisca. A Série B do Estadual começa está agendado para iniciar no dia 24 de maio, um domingo. Apenas o campeão terá o direito de disputar a elite do estadual de 2021. No ano passado, o Doce Mel conquistou o título da Série B ao vencer o Olímpia na final.

 

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*