Com brasileiro, Real Madrid prepara lista de jogadores negociáveis

Marcelo está na lista de negociáveis do Real Madrid

Foto: Pau Barrena / AFP

O Real Madrid deve passar por uma grande reformulação na próxima temporada. Com as competições paralisadas por conta da pandemia do coronavírus, o clube merengue está fazendo uma avaliação do elenco e já teria preparado uma lista de negociáveis. De acordo com o jornal espanhol “El Mundo Deportivo”, o presidente Florentino Pérez e o técnico Zinédine Zidane analisam quais jogadores deverão deixar o clube. Na lista está um dos medalhões da equipe, o lateral-esquerdo Marcelo, de 31 anos, que por muitos anos foi titular e peça importante nas conquistas do clube, no entanto, perdeu espaço para Mandy e já não tem a mesma importância de antes.

 

No meio-campo, outro que é tratado como negociável James Rodríguez. O meia colombiano não deslanchou com Zidane e o Real cogita uma venda para ter dinheiro para investir em outros reforços. Bola de Ouro em 2018, o croata Modric também poderá deixar o clube caso chegue uma boa proposta. Florentino Pérez deixou claro que não dificultará uma saída e o Tottenham pode ser o destino.

No ataque, quem aparece como transferível é o galês Gareth Bale, porém, o Real pretende recuperar parte dos 101 milhões de euros pagos em 2013 para contratá-lo. Já o sérvio Luka Jovic, que fez apenas 24 jogos, tendo anotado dois gols e feito duas assistências, também é tratado como carta fora do baralho. Zidane também informou que não contará com Mariano Díaz, e o clube já disse ao jogador que aceite as ofertas que chegam.

UNS DEVEM SAIR, OUTROS DEVEM CHEGAR…

O Real Madrid se movimenta no mercado da bola. Além do português Bernardo Silva, que atualmente defende o Manchester City, o clube merengue vai buscar a contratação de Earling Haaland, de 19 anos, sensação do Borussia Dortmund, segundo informação dos jornais ‘Marca’, da Espanha, e ‘Daily Mail’, da Inglaterra. O jogador marcou 12 gols em 11 jogos desde que chegou ao time alemão, em janeiro. Ainda segundo a imprensa internacional, o Real estaria disposto a pagar os 63 milhões de euros da multa rescisória para contar com Haaland a partir da próxima temporada.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*