Bellintani diz que Gregore topou ficar no Bahia: ‘Fiz uma promessa a ele’

Gregore é cobiçado por clube americano e do futebol brasileiro

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Além da reforçar o elenco, o Esporte Clube Bahia vai garantindo a permanência de seus principais jogadores para a temporada 2020. Depois de Gilberto, que recebeu uma proposta significativa de um clube japonês, mas ficou após grande esforço da diretoria tricolor, o Esquadrão agora trabalha intensamente para manter o volante Gregore, cobiçado por clubes do Brasil e pelo Seattle Sounders, dos Estados Unidos, que chegou a oferecer R$ 17 milhões, proposta prontamente recusada pelo Bahia. Nesta quinta-feira (30), o empresário Edson Khodor, representante da empresa Khodor Soccer, que agencia a carreira do volante Gregore, esteve no CT Evaristo de Macedo para conhecer a estrutura e conversar com a diretoria tricolor sobre o futuro do jogador.

 

No entanto, no que depender da diretoria do Esporte Clube Bahia, Gregore permanece no clube em 2020. Perguntado por um torcedor, o presidente Guilherme Bellintani garantiu não existe proposta em andamento. Para outro torcedor, ele revelou que fez uma promessa ao jogador que “topou ficar na hora”.

“Nenhuma negociação de Gregore em andamento, por mais que o tal mercado sempre procure deixar as coisas parecendo diferente. Se houver alguma nova proposta, voltamos a analisar.”

O atleta de 26 anos tem vínculo até o final de 2021 com o Esquadrão, que detém 90% dos direitos econômicos. Destaque do time em duas temporadas, o volante já disputou 116 jogos pelo Esquadrão de Aço (63 em 2018 e 51 em 2019, além dos dois esse ano).

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*