Expulso, volante desfalca o Vitória contra a Juazeirense no Barradão

Leão enfrenta a Juazeirense na próxima quarta-feira

Após empatar com o Fluminense de Feira, por 2 a 2, neste domingo, fazendo o gol de empate já nos acréscimos com o atacante Eron, o time sub-23 do Esporte Clube Vitória já volta suas atenções para a Juazeirense, próximo adversário pelo Campeonato Baiano, em partida marcada para quarta-feira, às 19h30, no Estádio Manoel Barradas, pela 3ª rodada do Estadual. Para o jogo, o técnico Agnaldo Liz não poderá contar com o volante Renzo, que foi expulso neste domingo no Joia da Princesa, e precisará cumprir suspensão automática. Ele entrou em campo aos 29 do segundo tempo e ficou em campo por apenas nove minutos. O atleta recebeu o primeiro cartão amarelo aos 33, e o segundo, que resultou na expulsão, aos 38.

 

Além de Eron, Gabriel Bispo marcou o outro gol do Leão. Welton Heleno e Henrique Coelho (pênalti) fizeram para o Touro. Com o empate, o Vitória chegou aos quatro pontos. A Juazeirense, adversário de quarta-feira, empatou os dois jogos que realizou, ambos em 1 a 1, contra Bahia na estreia no Adauto Moraes e no último sábado diante do Jacobina em Pituaçu.

Após a partida, o técnico Agnaldo Liz destacou que o time busca sempre estar na frente, porém, valorizou o empate diante das circunstâncias que teve gosto de “vitória” e exaltou a luta e entrega dos jogadores em campo. “Mesmo com a dificuldade do campo, a bola parando, tentamos circular a bola para dar uma melhor entrada, em um passe definir com condição de chance de gol. Bola parada tivemos dificuldade, mas a equipe não desestruturou. Mesmo com Renzo expulso conseguimos criar jogadas envolvendo o adversário. Queremos sempre estar na frente. Mas é do futebol. Luta, a entrega de todos até o final, premiou. Todos saíram abraçados com um resultado que foi resultado de vitória pelo que a gente buscou”, disse.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*