Confira os números do atacante Rossi, reforço do Bahia para 2020

Rossi assinou contrato de três anos com o Esporte Clube Bahia

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Após Daniel, Jádson e Clayson, o Esporte Clube Bahia anunciou nesta terça-feira a quarta contratação para a temporada 2020. Trata-se do atacante Rossi, de 26 anos, que estava sem clube após deixar o Vasco e rescindir com o Shenzhen FC, da China. Ele assinou contrato até 31 de dezembro de 2021 com o Esquadrão. Natural de Prainha (PA), Rosicley Pereira da Silva acumula passagens pelas divisões de base de Flamengo e Fluminense antes de se profissionalizar com a camisa da Ponte Preta, em 2012. Rodou ainda por Mogi Mirim, Paraná, Operário Ferroviário, São Bento, Goiás, Chapecoense até ser negociado com o Shenzhen FC, da China, em 2017. No futebol chinês, atuou apenas 8 jogos e marcou 2 gols. Foi emprestado ao Internacional em 2018, onde marcou 1 gol em 30 partidas, e em 2019 vestiu a camisa do Vasco da Gama, sendo peça importante da equipe. Foram 41 partidas e 4 gols anotados.

 

Confira abaixo os números e a análise do “scout do R37” sobre o atacante:

ROSSI (2019)
41 jogos (34 como titular)
4 gols marcados
5 assistências
1 pré-assistência
45 passes para finalização
64 finalizações (39% no gol)
Sofreu 77 faltas
10 cartões amarelos / nenhum vermelho

“Peça importante no elenco do Vasco na última temporada, Rossi começou 2020 sendo disputado por equipes como Ceará e Fluminense. Com um bom projeto apresentado ao atleta, o Bahia venceu a concorrência e fechou com o atacante. Fundamental no esquema de transição rápida implementado por Luxemburgo no ano passado, Rossi conseguiu participar diretamente de 9 gols do Vasco em 2019. Confira no vídeo abaixo todas as vezes em que o novo reforço tricolor balançou as redes ou deu uma assistência na temporada passada.

Depois de uma temporada irregular, quando marcou apenas uma vez pelo Internacional em 2018, Rossi conseguiu reencontrar um bom futebol e foi peça importante para o Vasco em 2019. Atuando quase sempre pelo lado direito do campo, o novo reforço tricolor tem tudo para agregar ofensivamente ao elenco comandado por Roger Machado.

Sendo um atleta de lado de campo, o atleta vai precisar servir muito os companheiros caso queira entrar nas graças da torcida. Com um bom porte físico e velocidade, será que o atleta conseguiu ser um bom garçom em 2019? Além das assistências, separamos em vídeo todas as boas situações de gol que o atacante criou nos últimos 12 meses.

Com 25 boas chances criadas, percebemos que o jogador cumpriu bem o seu papel em servir os companheiros. Com o fundamento do cruzamento bem apurado, não foi raro ver Rossi chegando bem ao fundo do campo e deixando os jogadores do Vasco em ótimas condições de balançar as redes. Pensando no estilo do Bahia em 2019, o novo atacante tricolor se encaixaria muito bem para realizar um jogo mais focado na transição rápida e contragolpes.

Ainda analisando seu jogo ofensivo, é sempre importante destacarmos o poder de conclusão de um atacante. Com muitas finalizações ao longo da temporada, será que o atleta desperdiçou chances claras de gol? Para não ficarmos apenas na estatística, separamos em vídeo todas as vezes em que a bola se apresentou em boas condições para Rossi balançar as redes.

Se no aspecto criativo o jogador teve um bom desempenho, os 17% de aproveitamento nas 23 boas chances que surgiram justificam um pouco das críticas que o atleta recebeu por parte da torcida do Vasco. Vendo o vídeo acima, fica claro que não faltaram oportunidades claras para o atleta aumentar seu índice de gols.

Custando apenas os salários ao orçamento do Bahia, Rossi parece ser uma aposta interessante da diretoria tricolor. Por mais que o atleta tenha uma clara deficiência na conclusão, é possível observar muitos predicados em seu estilo de jogo. Com 26 anos de idade, a tendência é que o jogador alcance a sua maturidade futebolística com a camisa do Esquadrão.”

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*