STJD aceita pedido do Londrina e rebaixamento da Série B vai parar nos tribunais

Londrina luta na justiça para se salvar

Foto: Gustavo Oliveira/ Londrina Esporte Clube

Dentro de campo, a Série B do Campeonato Brasileiro foi finalizada no dia 30 de novembro, porém, a disputa agora é nos tribunais. Nesta quarta-feira, o STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) aceitou o pedido do Londrina e avisou à CBF que o rebaixamento do clube paranaense não seja decretado até o julgamento, ainda sem data para acontecer. O pedido se dá por conta do W.O que o Figueirense sofreu na 17ª rodada da competição, quando o clube não cumpriu o pagamento dos salários e os jogadores não entraram em campo para encarar o Cuiabá. A informação é do portal Terra.

 

Na ocasião, além de aumentar a crise vivida pelo Figueirense, o time de Santa Catarina foi punido em R$ 3 mil por não jogar. O Londrina alega que, além da multa, o Figueirense deveria perder três pontos por conta do Fair Play financeiro. Pelo lado do Figueirense, através do seu presidente, Francisco de Assis Filho, o time catarinense não tem com o que se preocupar e confia que o clube não será punido.

Após a 38ª rodada da Série B chegar ao fim, o Figueirense ficou na 16ª colocação, com 41 pontos, dois a mais que o Londrina, primeiro time do Z4. Caso o Figueirense seja punido com a perda de pontos, o Londrina escapa do rebaixamento.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*