Pelé aponta zagueiro italiano como o melhor que já enfrentou

Simões, Eusébio, Cruijff, Beckenbauer, Maradona, Garrincha

Pelé ainda cada dia mais fora de mídia segue em tempo em tempo trazendo polêmicas, a mas recente aconteceu em entrevista ao diário italiano Gazzetta Dello Sport, onde comentou sobre o atual cenário do futebol citando nomes os quais tem admiração e entre eles estão  Lionel Messi, Cristiano Ronaldo e talvez Neymar, que segundo Pelé, que ainda não é uma grande figura no Brasil

O eterno rei ainda reclamou da falta de craque nos tempos atuais quando comparados no seu tempo.

“Antigamente era possível encontrar dois ou três jogadores em cada país com grande cultura futebolística. Tínhamos Simões, Eusébio, Cruijff, Beckenbauer, Maradona, Garrincha ou Dida. Quantos eram? Tantos que é difícil de dizer. Hoje em dia temos duas ou três figuras. Pelé ainda confessou que o italiano Trapatonni foi o melhor zagueiro que eu enfrentou. Ele era correto, impecável, um jogador limpo. Ao contrário dos ingleses e dos argentinos que só batiam

Giovanni Trapattoni atuou no Juventus, Internazionale e Milan e como técnico clubes importantes na Europa. O zagueiro ganhou destaque como zagueiro em 1963 quando esteve no Maracanã defendendo o Milan contra o Santos, na decisão do Mundial Interclubes. Após três partidas, viu seu time perder a taça, com o triunfo do time alvinegro por 1 a 0 no Maracanã com um gol de pênalti de Dalmo.

Times que treinou: Milan-ITA (1974-1976), Juventus-ITA (1976-1988 e 1991-1994), Internazionale-ITA (1986-1991), Bayern München-ALE (1994-1995), Cagliari-ITA (1995-1996), Fiorentina-ITA (1998-2000), Seleção Italiana (2000-2004), Benfica-POR (2004-2005), Stuttgart-ALE (2005-2006), Salzburg-AUT (2004-2005) e Seleção Irlandesa (2008-2013).

Principais títulos por clubes: 1 Mundial Interclubes (1985), 1 Liga dos Campeões da UEFA (1984-1985), 1 Recopa Europeia (1983-1984), 2 Copas da UEFA (1976-1977 e 1992-1993), 1 Supercopa da UEFA (1984), 6 Campeonatos Italiano (1976-1977, 1977-1978, 1980-1981, 1981-1982, 1983-1984 e 1985-1986) e 2 Copas da Itália (1978-1979 e 1982-1983) pela Juventus.

1 Copa da UEFA (1990-1991), 1 Campeonato Italiano (1988-1989) e 1 Supercopa da Itália (1989) pela Internazionale.
1 Campeonato Alemão (1996-1997), 1 Copa da Alemanha (1997-1998) e 1 Copa da Liga Alemã (1996-1997) pelo Bayern München.

Deixe seu comentário

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*