Bahia alcança feito no Brasileirão que não conseguia desde 2013

Esquadrão não vencia 3 jogos seguidos na Série A há seis anos

Jorge Rodrigues/Eleven/Lancepress!

O Esporte Clube Bahia sob o comando do técnico Roger Machado e administrado pelo presidente Guilherme Bellintani segue derrubando tabus, conquistando recordes e alcançando feitos que há muito tempo não alcançava. No último sábado, ao vencer o Vasco da Gama, por 1 a 0, no Estádio de São Januário, o Esquadrão emplacou três triunfos consecutivos no Campeonato Brasileiro (Atlético-MG, CSA e Vasco), façanha que não conseguia há seis anos, exatamente no ano de 2013, quando venceu Náutico (1 x 0, na Arena de Pernambuco), Portuguesa (1 x 0, na Fonte Nova) e Cruzeiro (2 x 1, no Mineirão), resultados que ajudaram o time baiano a escapar do rebaixamento na Série A daquele ano. Fernandão era o destaque da equipe, na época comandada por Cristóvão Borges.

 

Com 30 pontos ocupando a sétima colocação na tabela e sem perder há oito jogos, o Esporte Clube Bahia já conseguiu atingir sua melhor campanha do primeiro turno na era dos pontos corridos. A melhor marca havia sido feita no ano passado, quando o time terminou as 19 primeiras rodadas com 25 pontos. Esse ano, são cinco pontos a mais e um jogo a menos, já que o Tricolor Baiano ainda encerra o primeiro turno enfrentando o Fortaleza no próximo domingo, às 16, na Arena Fonte Nova.

O principal problema do Esporte Clube Bahia neste Campeonato Brasileiro da Série A era justamente a falta de eficiência atuando fora de casa. Nas sete primeiras rodadas, foram quatro empates e três derrotas como visitante. No entanto, o time de Roger Machado vem tendo uma grande evolução e nos últimos quatro jogos fora de Salvador, conquistou dois empates (contra Chapecoense e Palmeiras) e dois triunfos em sequência, contra Atlético-MG e no último sábado ao vencer o Vasco por 2 a 0 em São Januário, fato que não acontecia há dois anos no Brasileirão.

A última vez que o Bahia havia vencido duas partidas consecutivas foi na edição de 2017 do Campeonato Brasileiro. Entre 12 e 19 de julho, a equipe dirigida por Jorginho venceu Ponte Preta (3×0) e Atlético-MG (2×0), sendo que no triunfo sobre o Galo, acabou culminando com a demissão de Roger Machado, na época treinador do time mineiro. Entre um jogo e outro, um empate em 1 a 1 com o Avaí, em casa. Outro fator positivo é que o Bahia terminou outra partida sem ser vazado. Não sofreu gol nos 10 dos 18 jogos até aqui. São três jogos seguidos vencendo e não tomando gol, chegando a marca de 295 minutos, contra Atlético-MG (96), CSA (100) e Vasco (99).

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*