Dos 11 titulares do Bahia, sete receberam propostas, revela Bellintani

"Qualquer jogador pode ser negociado", disse o presidente

Foto : Matheus Simoni/Metropress

Com exceção do volante Douglas Augusto, que era titular do time, o Esporte Clube Bahia até o momento passou ileso à janela de transferências europeia, no entanto, alguns jogadores do elenco vêm sendo monitorados e ainda podem deixar o Fazendão caso surja uma boa proposta. Em entrevista na última quinta-feira (15) à Rádio Metrópole, durante o Jornal da Cidade 2ª Edição, o presidente do Esporte Clube Bahia, Guilherme Bellintani, revelou que sete dos 11 titulares receberam propostas, que superava a casa dos 20 milhões de euros, sendo que a maioria dos atletas titulares pertencem ao clube.

 

“É necessário e fundamental. O planejamento em valor de venda de atletas de 2018 foi de R$ 20 milhões, 2019 25 milhões e R$ 30 milhões em 2020. Batemos a meta nos dois últimos anos e temos que trabalhar para bater a meta do ano que vem. Qualquer jogador pode ser negociado. Contrato não prende jogador. Pode chegar uma proposta boa para o jogador e honesta para o clube, recebemos sondagens por atletas superiores a 20 milhões de euros. Dos 11 titulares, eu tive proposta para sete saírem. Sendo que nove eram nossos”, declarou o dirigente.

Em relação as finanças do clube, Bellintani afirmou que o Bahia vai terminar o ano no positivo, porém, muito apertado. “Vamos encerrar com um superávit que vai ser muito apertado. A gente tem um contrato de TV que vai ser uma arrecadação menor do que a gente previa, por conta de queda de pay per view. Estamos trabalhando para ajustar isso dentro do clube, as coisas no Bahia são muito difíceis”, afirmou.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*