Na Era Bellintani, Bahia já faturou mais de R$ 50 milhões com vendas de atletas

A maior venda da atual gestão foi do meia Zé Rafael ao Palmeiras

Fotos: Felipe Oliveira

Com a venda do zagueiro Rodrigo Becão para a Udinese da Itália por R$ 7 milhões, o Esporte Clube Bahia ultrapassou a casa dos R$ 50 milhões em negociações de atletas (de forma direta ou indireta) na gestão do presidente Guilherme Bellintani. Somente esse ano, o Esquadrão arrecadou por volta de R$ 20 milhões. O atacante Júnior Brumado, vendido no início do ano para o Midtjylland, da Dinamarca, rendeu aos cofres cerca de R$ 9,5 milhões, e o clube baiano ficou ainda com 15% de uma futura venda. O lateral-esquerdo Paulinho foi negociado para o mesmo clube na última semana por exatamente R$ 3 milhões pela parcela que detinha dos direitos econômicos.

 

O Bahia também arrecadou com a chama “taxa de vitrine”. Na temporada passada, o clube embolsou uma grana com a saída de João Pedro, que pertencia ao Palmeiras e foi vendido ao Porto, de Portugal. Recentemente, o volante Douglas Augusto foi vendido pelo Corinthians ao PAOK, da Grécia. O Tricolor Baiano recebeu cerca de R$1,2 milhão.

A maior venda da gestão de Bellintani foi do meia Zé Rafael, adquirido por cerca de R$ 500 mil ainda na gestão Marcelo Sant’Ana, após se destacar pelo Londrina, na Série B do Campeonato Brasileiro. Após dois anos de destaque, o jogador foi negociado para o Palmeiras no ano passado por R$ 14,5 milhões, maior venda da história do Esquadrão.

Lembrando que o Bahia tem ainda no seu elenco jogadores que vêm atraindo olhares de outros clubes, caso do volante Gregore, o meia Eric Ramires e o atacante Gilberto, assim como atletas que estão emprestados a outras equipes e podem ser negociados em definitivo. O atacante Edigar Junio, que está emprestado ao Cerezo Osaka e atualmente é o artilheiro do Campeonato Japonês, além do zagueiro Tiago está no Lanús, da Argentina. Além disso, o meia-atacante Artur, um dos destaques do time nesta temporada, está emprestado pelo Palmeiras e também pode receber propostas.

VEJA ABAIXO:

Gustavo Blanco – R$ 1,2 milhão (Atlético-MG)
Juninho Capixaba – R$ 6 milhões (Corinthians)
Jean – R$ 7 milhões (São Paulo)
Rômulo – R$ 1 milhão (Busan IPark da Coreia do Sul)
Eugênio Mena – R$ 1,8 milhão (Racing da Argentina)
João Pedro – R$ 1 milhão, taxa de vitrine (Porto de Portugal)
Zé Rafael – R$ 14,5 milhões (Palmeiras)
Júnior Brumado – R$ 9,5 milhões (Midtjylland da Dinamarca)
Douglas Augusto – R$ 1,2 milhão, taxa de vitrine (PAOK da Grécia)
Paulinho – R$ 3 milhões (Midtjylland da Dinamarca)
Rodrigo Becão – R$ 7 milhões (Udinese da Itália)

Deixe seu comentário

1 Comentário

  1. Hey there! Someone in my Myspace group shared this website with us so I came to give it a look. I’m definitely enjoying the information. I’m bookmarking and will be tweeting this to my followers! Superb blog and excellent design and style.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*