Já regularizado, Juninho se coloca a disposição no Bahia: “Estou pronto para ir para o jogo”

Zagueiro não atuou em 2019, mas vinha treinando

Foto – Felipe Oliveira/EC Bahia

Emprestado pelo Palmeiras até o final do ano, o zagueiro Juninho foi apresentado oficialmente à imprensa juntamente com o meia Alejandro Guerra na manhã desta segunda-feira (8) e concedeu a primeira entrevista como atleta do Tricolor de Aço. O defensor já está regularizado e apesar de não ter atuado um jogo sequer em 2019, vinha treinando normalmente desde janeiro, ou seja, já fica disposição para o jogo contra o Grêmio, quarta-feira, pela Copa do Brasil. Ele vestirá a camisa número 40 e disse estar pronto para entrar em campo pelo tricolor baiano.

 

“Me considero pronto, desde o começo do ano treinando forte. Estou pronto para ir para o jogo. Encaro como recomeço sim. Ano passado fiz sete partidas. Comecei jogando no Coritiba fazia quase 60 partidas no ano. Levo isso como um recomeço sim”, disse.

O diretor de futebol Diego Cerri também falou sobre a chegada do zagueiro: “A gente sempre observou o mercado buscando atletas que pudessem contribuir em um grupo qualificado que nós temos. Os dois (Juninho e Guerra) podem jogar a Copa do Brasil. E é difícil encontrar no mercado atletas nessa situação”, pontuou.

Natural de Londrina (PR), Juninho foi revelado na base do Coritiba e se destacou pelo time principal em 2016, atuando 60 partidas e marcando 1 gol, atraindo o interesse do Palmeiras que desembolsou R$ 10 milhões para tirá-lo do Coxa em maio de 2017. Pelo Verdão, fez apenas 25 jogos (22 em 2017 e 3 em 2018) sendo emprestado ao Atlético-MG, porém, pouco foi aproveitado pelo time mineiro atuando apenas 4 vezes. Retornou ao Palmeiras no início de 2019, mas com a forte concorrência no setor, não teve nenhuma chance com o técnico Luiz Felipe Scolari, ou seja, esse ano ainda jogou.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*