Ídolo no Sport-PE, goleiro Magrão aciona o clube na justiça do trabalho

O débito estimado é de cerca de R$ 1 milhão

Tratado como ídolo pela torcida do SPORT-PE, o goleiro Magrão estava “desaparecido” do clube desde a última sexta-feira e por conta disso, tudo foi especulado, no entanto, o jogador reapareceu nesta terça-feira afirmando que acionou o clube rubro-negro na Justiça do Trabalho. O clube nega a ação trabalhista, porém, nega que o clube tem débito com o jogador.

“Não estou sabendo de nada. O Sport só irá se posicionar quando tiver uma posição concreta. Quando for citado. O Sport não vai se posicionar em nenhum assunto enquanto não tiver uma posição concreta, muito menos uma ação trabalhista que eu não esperava de Magrão de jeito nenhum”, disse o diretor de futebol do Sport, Nelo Campos em entrevista ao Superesportes

“O Sport não deve nada a Magrão e o Sport não acredita nisso ainda. Enquanto isso não for confirmado o Sport não acredita nesse boato que surgiu”, enfatizou.

Como o processo corre em segredo de justiça, não é possível ter mais informações sobre o que Magrão cobra do Sport. Especula-se Magrão tem salários atrasados e FGTS a receber do Sport, que passa por crise financeira. O débito estimado é de cerca de R$ 1 milhão. O jogador não tem sido aproveitado pelo técnico Guto Ferreira

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*