Bellintani contesta formato da Copa do Brasil e cobra sorteio livre já nas oitavas

"É preciso mudar e permitir sorteio livre já nas oitavas", disse

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Através de sua conta pessoal no Twitter, o presidente do Esporte Clube Bahia, Guilherme Bellintani questionou a fórmula utilizada na Copa do Brasil. A crítica do mandatário é por conta do sorteio realizado nas oitavas de final colocando em um pote apenas os clubes que vieram da Copa Libertadores e no outro as equipes que iniciam a disputa na primeira fase, além dos campeões da Copa do Nordeste, da Copa Verde e da Série B. Lembrando que dos 8 classificados para as quartas de final da competição, apenas o Bahia não veio da Libertadores.

 

“Bahia é novamente o único nas quartas da Copa do Brasil que não veio da Libertadores. 80 começaram, mas apenas Bahia ficou. Orgulho? Não. É preciso mudar e permitir sorteio livre já nas oitavas. Pote dos Poderosos x Pote dos Lutadores mostra a escolha das TVs por jogos arrumadinhos”, escreveu o dirigente.

Estão classificados: Palmeiras, Athletico Paranaense, Grêmio, Cruzeiro, Flamengo, Internacional, Atlético-MG e o Esporte Clube Bahia. O tricolor baiano conhecerá seu adversário nas quartas de final da Copa do Brasil 2019 na próxima segunda-feira (10) em sorteio que será realizado na sede da Confederação Brasileira de Futebol, no Rio de Janeiro. A definição dos confrontos da próxima fase acontecerá às 15h (horário de Brasília). Em seguida, após tempo hábil para preparação dos confrontos, serão definidos os mandos de campo (também por sorteio). Como o sorteio nesta fase é livre, o Esquadrão pode enfrentar qualquer um dos sete times.

Para chegar a tal estágio da competição, o Esporte Clube Bahia superou o Rio Branco do Acre, Santa Cruz do Rio Grande do Norte, o Clube de Regatas Brasil, Londrina e finalmente São Paulo, com apenas uma derrota nos oito jogos. (para o Londrina), embolsando até agora R$ 11,3 milhões. Avançando além das quartas finais, o tricolor fatura mais R$ 6,3 milhões.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*