Visando o Campeonato Brasileiro da Série D, Fluminense de Feira se apresenta no dia 9

Fluminense de Feira estreia contra o Salgueiro

Novamente o Fluminense de Feira não obteve a classificação para 2ª de decisiva fase do Campeonato Baiano. Agora o clube de feira volta todas as suas atenções para o Campeonato Brasileiro da Série D. A competição está programada para começar no primeiro final de semana de maio e logo de cara o Touro do Sertão vai encarar o Salgueiro/PE no Estádio Joia da Princesa.

De acordo com o presidente do clube, José Francisco Pinto o Zé Chico, em entrevista no site oficial do clube, os últimos dias têm sido de muito trabalho para repensar as questões, principalmente do futebol.

“Estamos analisando a situação dos atletas, vendo aqueles que nos interessam, outros que estamos liberando e conversando com possíveis reforços tratando também a questão do Departamento de Futebol, onde teremos o suporte da FSA Esportes que já está fazendo um trabalho com a base e vai ter espaço no profissional”, informou.



Até o momento, o clube liberou o lateral-esquerdo Drey, os meias Assis e Jussimar e o atacante Alan. O clube empresou o lateral-direito Edson e o atacante Gustavo para o Frei Paulistano/SE; o atacante Deysinho para o Sergipe/SE; o goleiro Sherk e os meio-campistas Marcus Vinícius e Ronaldo para a UNIRB que disputa a 2ª divisão estadual. “Estamos fazendo estas adequações: liberando quem temos que liberar e resolvendo a vida de outros atletas que nos interessam inclusive para esta Série D”, disse Zé Chico.

Outros atletas como os zagueiros Alysson, Marcelo e Cristiano; o goleiro Leo, o lateral Chico Bala; além dos volantes Rodolfo e Mourelândia estão mantendo entendimentos com a direção do Fluminense.

“Estamos conversando com eles porque a realidade salarial na Série D é diferente por conta dos recursos que são menores, o que nos obriga a rever as situações e readequar salários porque temos que pensar nos compromissos a cumprir. Por isso estamos conversando com eles para ver a questão do interesse ou não deles ficarem conosco”, afirmou o dirigente.

Quanto às contratações, Zé Chico disse que o momento é de cautela. “Precisamos analisar a situação dos estaduais. Estamos observando o elenco, fazendo análises para que possamos fazer contratações pontuais que venham realmente preencher nosso elenco e trazer os resultados que tanto desejamos”, disse Zé Chico.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*