Confira a provável escalação do Bahia para enfrentar o CRB no Rei Pelé

Esquadrão será comandado pelo auxiliar Cláudio Prates

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Juntando os cacos da eliminação na primeira fase da Copa do Nordeste que culminou com a demissão do técnico Enderson Moreira, e sem tempo para lamentações, o Esporte Clube Bahia já volta à campo nesta terça-feira (02) para enfrentar o CRB, às 19h15, no Estádio do Rei Pelé, em Maceió. O Esquadrão será comandado interinamente por Cláudio Prates. O jogo de volta será no dia 9 de abril, também às 19h15, na Arena Fonte Nova.

Para chegar nesta fase, o Esporte Clube Bahia eliminou o Rio Branco, no Acre, empatando por 2 a 2, amparado pelo regulamento que garante a classificação na 1ª fase mesmo com empate ao time melhor ranqueado na CBF. Na segunda fase, o Tricolor despachou o Santa Cruz de Natal, vencendo por 1 a 0. O CRB também teve dificuldades nas fases anteriores. Passou pelo Brasiliense na 1ª fase empatando sem gols e depois um novo empate com o Goiás e venceu nos pênaltis (3 x 2).

Veja abaixo como o Bahia deve entrar em campo:

 

A escalação do Bahia é uma completa incógnita para a partida desta terça-feira, já que o time fez apenas um treino tático sob o comando de Cláudio Prates. Gregore, Jackson e Douglas Friedrich (lesionados) são desfalques.

Provável escalação: Anderson, Nino Paraíba (Flávio), Ernando, Lucas Fonseca e Moisés; Douglas Augusto e Elton; Élber (Artur), Ramires (Shaylon) e Arthur Caíke; Fernandão (Gilberto);

Marcelo de Lima Henrique (RJ) apita o jogo auxiliado por Michael Correia (RJ) e Silbert Faria Sisquim (RJ).

Deixe seu comentário

15 Comentário

  1. We’re a bunch of volunteers and starting a new scheme in our community.

    Your site offered us with useful information to work on. You’ve
    done an impressive process and our whole community will
    probably be grateful to you.

  2. I’m impressed, I must say. Seldom do I encounter a blog that’s both equally educative
    and amusing, and let me tell you, you have hit the nail on the head.
    The problem is an issue that too few people are speaking intelligently about.
    Now i’m very happy that I came across this in my search for something concerning this.

1 Trackback / Pingback

  1. Google

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*