Três brasileiros entram em campo nesta terça pela Copa Libertadores

Palmeiras, Grêmio e Atlético-MG jogam pela 2ª rodada

A segunda rodada da Copa Libertadores inicia nesta terça-feira (12) com três clubes brasileiros em campo. Após estrear vencendo o Junior Barranquilla, por 2 a 0, na Colômbia, o Palmeiras do técnico Luiz Felipe Scolari volta a entrar em campo pela Copa Libertadores nesta terça-feira (12/03) pela segunda rodada do torneio continental contra o Melgar do Peru, às 19h15 (horário de Brasília), no Allianz Parque, em São Paulo. Com 3 pontos, o Palmeiras lidera o Grupo F. Melgar e San Lorenzo (que empataram por 0 a 0) dividem a segunda colocação da chave.

Após estrear com o pé esquerdo perdendo por 1 a 0 para o Cerro Porteño em pleno Mineirão, o Atlético Mineiro tenta se reabilitar na competição diante do Nacional do Uruguai, às 21h30 (horário de Brasília), no Estádio Gran Parque Central, em Montevidéu. O adversário do Galo lidera o Grupo E com 3 pontos com triunfo sobre o Zamora FC na estreia. O time comandado pelo técnico Levir Culpi figura no Grupo E ao lado de Cerro, Nacional e Zamora FC.

Último clube brasileiro a levantar a taça da Copa Libertadores (2017), o Grêmio enfrenta o Libertad, às 21h30, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre. Na estreia, o time do técnico Renato Gaúcho empatou com o Rosário Central por 1 a 1 na Argentina. O Libertad (que venceu o Universidad Católica) lidera o grupo H com 3 pontos. A partida terá transmissão do canal SporTV.



A Taça Libertadores da América é a principal competição de futebol entre clubes profissionais da América do Sul, organizada pela Confederação Sul-Americana de Futebol (CONMEBOL) desde 1960. O Independiente é o recordista de títulos na competição, com 7 conquistas. A Argentina é o país com o maior número de conquistas, com 25 títulos, enquanto que o Brasil é o país com a maior diversidade de times vencedores, com um total de 10 clubes diferentes que ergueram a taça, sendo eles: Vasco, Atlético-MG, Corinthians, Palmeiras, Internacional, Cruzeiro, Santos, Grêmio e São Paulo.

Deixe seu comentário