“O nosso momento é melhor que o do nosso rival”, diz técnico do Vitória

Chamusca viu o Leão jogar de "de igual para igual" com o Bahia

Foto: Mauricia da Matta / EC Vitória

Apesar de ter completado sete jogos sem triunfo na temporada, o técnico Marcelo Chamusca saiu de campo satisfeito com o empate diante do Bahia na Arena Fonte Nova, principalmente pelo fato de ter atuado boa parte do segundo tempo com um homem a menos devido expulsão do zagueiro Edcarlos. O treinador também fez questão de destacar que o momento do Leão é melhor que o do rival no Campeonato Baiano, é claro, já que terá pela frente um duelo tranquilo diante do Fluminense de Feira no Barradão necessitando de um triunfo simples para avançar.

“Acho até que o cenário foi construído pelos equívocos nos jogos anteriores. Se tivéssemos vencido nos últimos dois jogos, estaríamos liderando o campeonato. A construção dessa dificuldade de se classificar deve-se a esses jogos. Você vem para o clássico, joga de igual para igual, inclusive colocando bola na trave na parte final, mas a construção dos outros jogos te pressiona. O nosso momento é melhor que o do nosso rival, pois estamos no G-4 e temos um jogo em casa”

Marcelo Chamusca também fez uma leitura do jogo, analisando os dois tempos, e explicou a escalação que escolheu para o BA-VI surpreendendo com Matheus Rocha atundo no meio-campo, a volta de Jeferson na lateral e Neto Baiano no ataque.

Veja abaixo:



“Jogamos na quinta à noite, tivemos um dia a menos de recuperação em relação ao nosso adversário. Montamos um plano tático que os atletas seguiram à risca no primeiro tempo. A partir do segundo tempo, o Bahia nos encurralou. Perdemos força física. Pela intensidade do jogo e pela forma que o Bahia joga, sofremos na segunda etapa. Conseguimos criar algumas situações, faltou um pouco mais de tranquilidade. Aquele passe final e a finalização, temos pecado um pouco. Isso tem sido determinante. Taticamente minha equipe foi excelente no primeiro tempo e, na segunda etapa foi de superação. Depois da expulsão do Edcarlos, jogamos para preservar o empate sem gols. Mas é importante pontuarmos que essa superioridade em números, ela não foi concreta em situação de oportunidades, pois o Ronaldo só pegou um chute”

“Estou tentando dificuldades de buscar jogadores com velocidade, como o Matheus. Quando a gente usa o Erick, ele vem para dentro com a bola, não tem essa profundidade. No segundo tempo fiquei tentando ganhar mais profundidade, transitar mais… Estamos com dificuldade de achar atacantes com essa característica. Tentamos buscar com o Matheus essa saída mais aguda. O Felipe Garcia veio com essa característica e estamos buscando mais um. Enquanto não tivermos essas opções, o Matheus passa a ser uma opção real”

Com o empate sem gols no BA-VI, o Vitória caiu para a terceira colocação do Campeonato Baiano, com 13 pontos conquistados. O Leão agora visita na quinta-feira (14) o Confiança-SE, às 21h30, pela sexta rodada da Copa do Nordeste. Depois, no domingo, recebe no Barradão o Fluminense de Feira, pela última rodada do Campeonato Baiano. O Rubro-Negro precisa vencer para garantir vaga na semifinal do Baianão.

Deixe seu comentário

47 Comentário

  1. I’m impressed, I have to admit. Genuinely rarely should i encounter a weblog that’s both educative and entertaining, and let me tell you, you may have hit the nail about the head. Your idea is outstanding; the problem is an element that insufficient persons are speaking intelligently about. I am delighted we came across this during my look for something with this.

  2. O Vitória em crise e com esse time mambembe e péssimo quase ganha para o time dos sonhos da sardinhada.
    Alegria de pobre, sem teto, favelado e invasor de itinga, dura pouco. Não classifica nem no Baianão.
    A sardinha levou onze anos nas séries B e C, sem ganhar nada e três anos freguês do Leão, levando de sete, cinco, quatro, etc.
    São sem noção mesmo.

  3. corrigindo a l.4. = triunfo.

    Faço uma sugestão amigável já que sigo o site há tantos anos:
    Voltem ao sistema de comentário pelo Disqs, era bem melhor para correção, edição dos comentários, bem como a interação e brincadeiras entre os torcedores.

  4. O Bahia não deu a surra que o vicetória merecia, aí dá margem para animação no galinheiro.

    Bahia: lamenta o empate como se fosse uma derrota.
    Vicetória: comemora o empate como se fosse um triufo.

    Bahia: Série A, Copa do Brasil
    Vicetória: Série B.

    Bahia: Não perde para o vicetória há 2 anos.
    Vicetória: Não ganha para o Bahia há 2 anos.

    O que é que esse cara do Facebook chamado Elton Bahia tá discutindo?!
    Meu filho, vocês são piada pronta. De útil você só tem seu sobrenome.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*