Bahia volta a empatar com o Vitória e deixa o G-4 do Campeonato Baiano

Esquadrão jogou parte do jogo com um jogador a mais

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Mesmo atuando na Arena Fonte Nova repleta de tricolores e com um jogador a mais uma parte do segundo tempo após expulsão de Edcarlos, o Esporte Clube Bahia novamente decepcionou no segundo clássico BA-VI da temporada e deixou o campo sob vaias da torcida amargando um novo empate, agora sem gols. O resultado acabou sendo um “negoção” para o Vitória, principalmente pelas circunstâncias do jogo na etapa final, e apesar de não quebrar o TABU que aumentou para 12 jogos, o Leão aguerrido se mantém na frente do Bahia na tabela de classificação do Campeonato Baiano e ainda retira o rival do G-4 restando apenas uma rodada para o término da primeira fase.

Um primeiro tempo completamente diferente daquele do primeiro clássico do ano, quando o Bahia dominou amplamente as ações e foi para o intervalo aplaudido e vencendo com gol de Gilberto. Dessa vez, os jogadores deixaram o campo na etapa inicial sob vaias da torcida. A única chance clara pelo aconteceu aos 9 minutos, com Artur perdendo cara a cara com Ronaldo que no rebote também pegou chute de Nino Paraíba. O Vitória, por sua vez, teve o controle da partida em alguns momentos, e tentou em chutes de longe, mas pouco ameaçou. A melhor oportunidade foi em cabeçada de Neto Baiano aos 14 minutos.

Com Flávio no lugar de Nílton (que passou mal no vestiário), o Bahia voltou para o segundo tempo mais incisivo e encurralando o Vitória que aos 21 minutos perdeu o zagueiro Edcarlos expulso de forma direta após derrubar Gilberto em chance clara de gol. Mesmo com a superioridade numérica, o Esquadrão não conseguiu furar o bloqueio rubro-negro e não saiu do 0 a 0, se complicando no Campeonato Baiano. Nos minutos finais, o Tricolor ainda teve o zagueiro Jackson expulso após fazer falta e tomar o segundo amarelo e o Leão quase marcou com Wesley parando no travessão.

PRÓXIMOS JOGOS:
O Bahia volta à campo na quarta-feira (13) para enfrentar o Sergipe, às 19h30, na Arena Fonte Nova, pela sexta rodada da Copa do Nordeste. Depois, no domingo encara o Jequié, no Waldomiro Borges, pela última rodada do Baianão, precisando vencer e torcer contra os quatro primeiros colocados para conseguir a classificação para as semifinais. Já o Vitória visita na quinta-feira (14) o Confiança-SE, às 21h30, pela Copa do Nordeste. No domingo, recebe no Barradão o Fluminense de Feira, pelo Campeonato Baiano.



FICHA TÉCNICA

BAHIA 0 X 0 VITÓRIA
Campeonato Baiano (8ª rodada) – 10/03/2019
Arena Fonte Nova, Salvador-BA
Público pagante: 35.452
Público total: 35.691
Renda: R$ 849,484,00

Arbitragem: Diego Pombo Lopez (árbitro principal); Alessandro Álvaro Rocha de Matos e Elicarlos Franco de Oliveira (Assistentes 1 e 2).

Expulsões: Edcarlos (Vitória) e Jackson (Bahia)

BAHIA: Douglas, Nino Paraíba, Jackson, Lucas Fonseca e Moisés; Nilton (Flávio) e Douglas Augusto (Caíque); Shaylon (Guilherme), Ramires e Artur; Gilberto. Técnico Enderson Moreira.

VITÓRIA: Ronaldo, Jeferson, Ramon, Edcarlos e Juninho; Leandro Vilela (Yago), Wesley Dias e Matheus Rocha; Andrigo, Erick (Thales) e Neto Baiano (Léo Ceará). Técnico: Marcelo Chamusca.

Bahia 0 x 0 Vitória: Veja os melhores momentos do Ba-Vi pelo Baianão

Deixe seu comentário

7 Comentário

  1. Acho que Bellintani está correto em esperar o Bahêa empatar ou perder para o grande time do Jequié, que é uma equipe melhor organizada que o tricolor, e certamente, daremos como desculpa da desclassificação o gramado ruím, e ainda teremos Enderson Moreira elogiando o Jequié como equipe forte e bem montada, além de ser do mesmo nível, ou melhor, que todas as equipes que o Bahia enfrentou até agora.
    Senhores, caiamos na realidade, o Bahêa não marca mais a saída de bola, não marca sobre pressão, não tem mais velocidade na transição do meio campo, só marca com toda equipe em seu próprio campo esperando o adversário, fez do lateral esquerdo Moisés centroavante, perdendo seu potencial de marcação e cruzamento;insiste em fazer substituições controversas, quando não há mais tempo para reação;será que só os torcedores estão enxergando toda essa bandalheira???
    Enderson está acostumado a dirigir jogadores de segunda e recebeu jogadores com potencial superior ao que ele é acostumado trabalhar, realmente, é muito complicado se adaptar à trabalhos de nível muito elevado; trocaram o FIAT 147 que ele tinha, e lhe deram uma FERRARI sem manual ou explicações de como dirigir!!! ???

  2. O que me deixou puto foi perder para o Botafogo da Paraíba.
    Ganhar ou empatar com a sardinha é detalhe, ainda mais com esse time péssimo que temos. Em breve voltaremos a meter sete, cinco, quatro, etc.
    O ex-quadrão também é uma bosta.

  3. Sem palavras, estou cansado.o presidente vai pro buraco junto com o trenador,cara o Bahia,sai da sul-americana pro time inferior a o Vitória e perdi pra essa carniça,q um empate e uma derrota,q time sem cor,sem Cheiro e sem sabor,o cara não entende nada de futebol,esse cara ganha bem por muito pouco q consegui fazer,e faz muito mau, presidente esqueça de política,a questão de seu nome está sendo sitado pra prefeitura,está deixando vc sem visão Garoto,vc está estragando tudo com, Esse trenador.o cara encrenco com Regis,o cara só toca uma nota,manda na base no trenador da base,o cara a ruína tudo, consegui é por time B e ser péssimo,o Anderson foi pago só pra não deixar cai,o Bahia não deve nada a ele,tem ele o décimo melhor salário do Brasil com trenador

  4. Não vão ser demitido não, o presidente vai vir a público dizer que o trabalho tem que continuar, pra que o time encaixe, ele só vai demitir quando estivermos eliminados de todas as competições. Técnico FDP.

3 Trackbacks / Pingbacks

  1. ผู้ ค้ำประกัน รถ
  2. 918kiss/scr888/918kiss apk/918kiss ios/918kiss 2020/918kiss download
  3. cbd

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*