Volante concorda com o rodízio de jogadores no Esporte Clube Bahia

Nilton não deve enfrentar o Jacuipense pelo Campeonato Baiano

Fotos: Felipe Oliveira / EC Bahia

O volante Nilton foi o alvo da entrevista desta terça-feira no Fazendão. O jogador aproveitou para comentar as longas viagens do Bahia nos últimos dias e o desgaste do grupo pelo excesso de competição de maneira simultânea. Por isto, o jogador aprova a postura da comissão do revezamento dos atletas com time tipo A ou B dependendo da competição.

“Isso é muito bom, no sentido de todos poderem mostrar serviço, que podem ser úteis, que podem ajudar e tirar até aquela última dúvida que Enderson Moreira acaba tendo. Pela quantidade de jogos, pelo calendário apertado, que estamos repetindo há um tempo, que não tem como nenhuma equipe ter uma sequência tão grande… Isso gera um risco de lesão. É muito bom ter elenco qualificado”, disse.

Nilton também se mostrou tranquilo quanto ao número de críticas quanto ao desempenho do time. Para ele, jogar no Bahia sempre exigirá uma ‘grande pressão’ por bons resultados e atuações.

“Jogar em equipe grande é pressão constantemente. Sabíamos que esse ano a pressão seria dobrada, pelo que fizemos ano passado, campanha na Sul-Americana, melhor campanha em pontos corridos na Série A. Isso gera uma expectativa boa em torcedores, diretoria, nós, jogadores. A gente tem que focar cada vez mais para estar voando cada vez mais alto. Espero que a gente possa cada vez mais estar se identificando”, completou.

Ouça a entrevista



 

 

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*