O técnico Enderson Moreira aproveitará a oportunidade oferecida pelo Bahia?

Na contramão, Chamusca trabalha com pouco recurso no Vitória

FOTO - Fellipe Oliveira ECBAHIA
Spread the love

O que diferencia de FATO um treinador de ponta para um treinador mediano? Ousadia, motivador, estrategista, durão, paizão, ou puro marketing? Embora não entrem em campo, os treinadores podem ajudar muito a decidir partidas, recuperar e lançar jogadores, como também perder com substituições equivocadas, planos táticos fracassados e má gestões de grupo.

É fato que hoje os técnicos dos grandes clubes dispõem de um grande manancial tecnológico para lhe ajudar a mapear os dados analisando precisamente os números de desempenho de cada atleta, os GPS usados nos jogos monitora com precisão desde sinais biológicos, velocidade, distancia percorrida, batimentos cardíacos e principalmente desgaste físicos de cada um. Uma ferramenta importante, que se bem utilizado é possível montar um esquema tático com dados precisos explorando o melhor de cada atleta.

Porém, um técnico diferenciado não só precisa dos dados dos atletas do seu clube, para extrair de melhor do seu grupo, ele analisa os pontos fortes e fracos do seu adversário, monta estratégia necessária para neutralizar seu oponente, diversificando sempre que vai precisar seu esquema tático, diferente do técnico mediano que se torna previsível sempre com o mesmo esquema. Os bons resultados é fruto de incessante trabalho detalhado do seu oponente, uma profissão que requer constantes atualizações para aprimoramento e crescimento.

Os técnicos de ponta do Brasil já fizeram estágio na Europa, importante para seu currículo, ou seja, o Brasil considerado o País do futebol que tem jogadores exportados em grande escala para o mundo do futebol, em compensação, o número de técnicos brasileiros atuando no exterior é ínfimo. Podemos citar vários profissionais que treinaram grandes clubes no futebol brasileiro e hoje estão no ostracismo e vivem o calvário nas suas profissões por falta de reciclagem. Joel Santana, Jorginho, Cristovão Borges, Marcelo Oliveira, Guto Ferreira, Celso Roth, Emerson Leão, Adilson Batista, Vagner Benazzi, Toninho Cerezo, Dunga, Luxemburgo, etc.

Luxemburgo por exemplo é o treinador mais vitorioso do futebol brasileiro com 23 títulos, cinco campeonatos brasileiros por quatro clubes diferentes, no entanto, ele também passou a colecionar muitos problemas da mesma forma que ganhava títulos, que macularam sua carreira. Entre outras coisas, foi acusado pela assessora Renata Alves, de ganhar percentual em transferência de jogadores e praticar sonegação fiscal, o principal deles é que ele deveria ser um gestor para administrar egos de atletas no entanto ele quer sempre ser o protagonista de todas as conquistas. Seu último clube depois de um longo período de inatividade foi o Sport-PE e chegou a estar na zona de classificação para a Libertadores.

Nessa época, dava entrevistas a todo instante ressaltando sua capacidade tática sempre ofuscando seus atletas, não sei se por represália do grupo, o Sport tomou cinco do Grêmio de Renato Gaúcho, daí ele perdeu o controle disparando críticas ao elenco com insinuações pesadas, até ficar sem clima e ser demitido em 2017. Só que pouco antes disso acontecer, ele já tinha assinado com o Sport até final de 2018, tornando-se mais uma besteira somada a administração pífia de Arnaldo Barros, além da saída da Copa do Nordeste, levou o clube pernambucano a série crise financeira com salários atrasados, jogadores ganhando passe livre na justiça, culminando todo ápice da sua incompetência com o clube na Série B do Brasileiro.



Dos técnicos emergentes que terão grande oportunidade para se firmar como realidade, elencamos quem terá uma missão mais difícil. Thiago Nunes terá a manutenção quase total do Athetico-PR e poderá se firmar em definitivo. Zé Ricardo fará uma grande campanha neste brasileiro, mesmo com o Botafogo entre os times com grande dificuldade financeira, foi o que contratou melhor. Também acredito que Alberto Valentim não disputará rebaixamento este ano, Vasco fez algumas boas contratações e manteve os melhores do elenco. Já Fernando Diniz penso que terá muitas dificuldades. O Fluminense trouxe Paulo Henrique Ganso com salário altíssimo, enquanto todo elenco com salário mais modesto está com vários meses atrasados.

Rogério Ceni terá um desafio imenso tentar conseguir manter o Fortaleza na primeira divisão, se conseguir isso, alavancará sua carreira. André Jardine, por sua vez, apesar da pressão neste início de temporada após derrota pela pré-Libertadores, pode fazer um excelente trabalho no São Paulo, porém, é preciso de tempo. A vinda de Hernanes dará a liga necessária para o clube do Morumbi disputar coisas maiores. Quanto aos técnicos já consagrados, considero que a melhor contratação do Flamengo foi trazer Abel Braga e também Levir Culpi no Atlético-MG, treinadores de pulso, sabem administrar vaidades e principalmente tem estratégias.

Diferente de Felipão que, apesar do título brasileiro com o badalado Palmeiras, provou com aquele 7 x 1 que tomamos não foi à toa, é um cara previsível que precisa se reciclar, enquanto Fábio Carille neste último clássico com um time bem mais modesto deu um banho tático, neutralizou os pontos fortes do Palmeiras e venceu. Em relação ao Santos, trouxe um técnico polêmico, estilo Luxemburgo, gosta de expor os problemas internos do grupo para imprensa, mostrou isso na Copa e ficou isolado. A goleada que o Santos tomou de cinco do Ituano pode ser o prenúncio de uma grande crise futura. Já Renato Gaúcho é hoje o principal nome para uma eventual troca do treinador da Seleção Brasileira.

E os técnicos dos nossos dois maiores clubes passam confiança? Na verdade só teremos tal resposta no decorrer do campeonato, mas, temos dois treinadores com possibilidade para dar um grande salto na carreira deles, deixando a condição de emergentes para tornar de fato em realidade. Essa é a grande oportunidade da vida deles. Enderson Moreira a responsabilidade é bem maior porque o Bahia está investindo em grandes contratações, pagando em dia, dando a ele total condição de dar uma guinada positiva na sua carreira, no entanto, nunca se tratou de uma unanimidade desde sua chegada e nesse início de temporada não vem agradando a torcida.

Além do empate amargo no BA-VI, voltou a frustrar sua torcida ontem ao perder por 1 a 0 para o modesto Liverpool do Uruguai em plena Arena Fonte Nova que fazia sua primeira partida oficial no ano.

Enderson é o principal responsável, porque ele insiste com Guilherme (ainda titular) e Rogério que esgotou a paciência do torcedor perdendo um gol feito no clássico, além de deixar seu time ser neutralizado no segundo tempo por um adversário tecnicamente inferior, mostrando um grande defeito que é alternância do esquema tático.

Nesta quinta, iniciou no banco, mas entrou no segundo tempo e novamente não mostrou nada de proveitoso. Em 2019, o Esquadrão fez 8 jogos, venceu apenas 2 (Juazeirense e Santa Cruz), empatou 4 e perdeu 2. Não vence há quatro partidas. Jogando na Fonte Nova, venceu apenas uma (Juazeirense) dos quatros jogos e acumula duas derrotas em seqüência e ai fica a pergunta: Enderson Moreira aproveitará oportunidade oferecida pelo Bahia que fez um investimento alto, algo pouco comum em sua história para consolidar de vez sua carreira?

Quanto à Marcelo Chamusca, é um treinador novo, mas que conseguiu acesso a todas as divisões do futebol brasileiro, o principal desafio dele é montar uma equipe com pouco recurso para ter capacidade de acessar a primeira divisão em 2019. Acho que ele vai conseguir por se tratar de uma situação a qual ele está acostumado, disputar divisões de acessos. Somente com o tempo saberemos se Enderson e Chamusca aproveitarão essa oportunidade impar de deslanchar suas carreiras ou continuar a serem vistos como apostas para equipes de menor porte, ou pior, ainda poderão engrossar a lista dos técnicos que entrarão para o ostracismo. Qual será deles que aproveitará melhor esta oportunidade?

Jorge Machado, torcedor do Bahia, amigo e colaborador do Futebol Bahiano.

Deixe seu comentário

51 Comentário

  1. 291944 938365Right after examine a couple of with the weblog posts on your site now, and I truly like your way of blogging. I bookmarked it to my bookmark site list and shall be checking once more soon. Pls try my site online as properly and let me know what you believe. 966143

  2. After I initially left a comment I appear to have clicked the -Notify me when new comments are added-
    checkbox and now each time a comment is added I receive 4 emails with the
    same comment. Perhaps there is an easy method you
    can remove me from that service? Many thanks!

1 Trackback / Pingback

  1. URL

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*