O BAHIA DO ENDERSON MOREIRA, em 2019 – PREOCUPANTE!

"A Diretoria do Bahia precisa se posicionar de forma mais rápida"

A Diretoria do Bahia num esforço gigantesco nesse início de ano, reforçou a equipe de forma substancial. Estamos com um bom grupo de jogadores de qualidade inquestionável. Isso criou uma enorme expectativa para uma tão esperada promissora temporada de 2019. Infelizmente não é o que estamos vendo! O nosso problema maior, talvez esteja no comando técnico com a fraca performance do Enderson Moreira.

Esse treinador parece sem controle do grupo e erra muito, desde a hora de escalar, até a hora de substituir. O time não tem um esquema tático definido jogando em situações tal qual um baba de final de semana entre amigos. Na nossa humilde, e não muita abalizada opinião, temos alguns jogadores que por enquanto são indispensáveis para começar jogando: o Flávio e o Shaylon.

Sobre os jogos mais recentes, observei que as jogadas de transição não existem e os zagueiros é que jogam na altura da nossa intermediária dando chutões para frente, tentando achar um atacante livre para uma jogada de ataque. Quando temos a bola, não existem as jogadas de triangulação do tipo “um, dois” o que facilita e muito a marcação dos fracos adversários. Isso sem contar com a visível falta das jogadas mais incisivas entre o nosso meio de campo e o ataque, com excesso de toques laterais na nossa zaga e os repetitivos chutões dos nossos zagueiros.

Isso não existe! Que coisa horrível!!! O elenco do Bahia tem jogadores qualificados e poderiam muito bem fazer o simples com as jogadas de ataque partindo dos jogadores no meio de campo. Falta o comando! Falta as orientações do responsável durante os jogos!

Observando a atuação de alguns titulares, o Élber tem demonstrado ser um arremedo de jogador profissional. Desleixado, apático e na hora de chutar em gol, consegue perder jogadas prontas… O Enderson é fã incondicional do seu futebol e o elegeu titular absoluto.

O Guilherme não está rendendo nada! Outro que ele não abre mão de ter no time que começa jogando. O Douglas (volante), pela mesma via, não consegue desenvolver boas atuações e isso pode ser creditado ao fato de que o Enderson Moreira privilegia as “ligações diretas” entre defesa e ataque.



Para nossa sorte e felicidade, o Rogério (outro muito utilizado por Enderson) não pôde participar do jogo de ontem. Sobre esse jogador, acredito que a culpa maior fica com a Diretoria que o contratou num erro terrível do DADE que o habilitou para compor o nosso elenco. Jogador fraco, sem vibração e que se perdeu, como profissional do futebol, há algum tempo quando atuou no São Paulo e no Sport-PE.

Ainda nesses últimos jogos me pareceu que o preparo físico do time está muito aquém do ideal e a resposta utilizada é que estamos no início da temporada… Sei não viu!

Diante do que estamos assistindo a performance do nosso Enderson Moreira é que vem complicando as últimas atuações do Bahia. Assim complicando um jogo fácil como o de ontem em que o Bahia deveria, com todo o respeito ao adversário, golear com relativa facilidade. Estávamos jogando contra um time sem série no futebol brasileiro e, segundo o próprio Enderson, com o nosso time de “força máxima”… Imagina!

Temos alguns jogos decisivos pela frente, incluindo o jogo contra o time do Uruguai pela Sul Americana onde teremos que ganhar fazendo um mínimo de um gol de vantagem que não seja um à zero que nos coloca a decisão pelos pênaltis. Se repetir essas últimas atuações, complica a nossa classificação nesse importante certame internacional. Espero que algo aconteça e que o nosso Enderson acorde desse pesadelo que tem nos presenteado!

A Diretoria do Bahia precisa se posicionar de forma mais rápida!

O andar da procissão é preocupante nesse fraquíssimo início de temporada!!!

Paulo Fernando, torcedor do Bahia, amigo e colaborador do Futebol Bahiano.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*