Carrasco em 2011, atacante volta a ser o pesadelo do Vitória no Barradão

Oito anos depois, João Neto volta a apronta no Barradão

O Esporte Clube Vitória poderia agora estar reinando de forma isolada na liderança do Campeonato Baiano com 15 pontos, no entanto, um antigo carrasco voltou a aprontar no Estádio Manoel Barradas. O nome da fera é João Neto, um dos destaques e artilheiro da atual edição do Baianão com 8 gols vestindo a camisa do Atlético de Alagoinhas. O atacante marcou os dois gols da virada do Carcará sobre o Leão na noite da última quarta-feira.

Para quem não se lembra, João Neto foi o pesadelo do Vitória no Campeonato Baiano de 2011, marcando o gol do título do Bahia de Feira no triunfo por 2 a 1 no Barradão, desbancando o favoritismo rubro-negro que havia eliminado o Bahia na semifinal e caminhava para conquistar o quinto título consecutivo, porém, assim como aconteceu em 2006, diante do Colo Colo de Ilhéus, foi surpreendido pela equipe feirense.

Na ida, o Leão empatou por 2 a 2 no Estádio Joia da Princesa, em Feira de Santana, no dia 8 de maio, mas na volta, em Salvador, no dia 15 de maio de 2011, acabou tomando a virada após abrir o placar com Geovanni. Allyson deixou tudo igual e João Neto marcou o gol que garantiu o primeiro título baiano do Tremendão e frustrou os 22.247 torcedores que foram ao Estádio Manoel Barradas naquela tarde de domingo.

Naquela temporada, João Neto marcou 9 gols no Baianão, sendo o vice-artilheiro da competição, atrás apenas de Geovanni, do Vitória, e Sassá, do Ipitanga, ambos com 10. Esse ano, o goleador já anotou 8 gols em 7 jogos, uma média surpreendente e que dificilmente irá tirar das suas mãos o prêmio de artilheiro do Campeonato Baiano e uma vaga na Seleção do Campeonato.



Confira os gols de Vitória 1 x 2 Atlético de Alagoinhas no Barradão

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*