Vitória continuará lutando pelo fim da torcida única no BA-VI, diz Ricardo David

Dois primeiros clássicos terão Bahia como mandante

Foto: Mauricia da Matta / EC Vitória

Assim como aconteceu em 2018, após recomendação do Ministério Público da Bahia (MP-BA), os clássicos BA-VI’s na temporada 2019 também terão torcida única, e curiosamente, os dois primeiros duelos (nos dias 3 e 10 de fevereiro), pela Copa do Nordeste e Campeonato Baiano, terão o Bahia como mandante, ou seja, apenas os tricolores estarão presentes. No entanto, se depender do presidente do Vitória, Ricardo David, a decisão será revertida e a torcida mista voltará. O mandatário afirmou que o Leão tem uma posição declarada e continuará lutando pelo fim da torcida única, tanto no Barradão quanto na Arena Fonte Nova.

“O Vitória tem uma posição declarada que é a favor da torcida mista. Tanto no Barradão quanto na Arena, nós torcemos pela beleza do futebol. Já tivemos reuniões, há uma posição muito definida do Ministério Público de continuar com a torcida única, mas nós vamos continuar, do nosso lado, pleiteando isso, que seja flexibilizado. Que cada um dos órgãos responsáveis cumpra sua parte, os clubes de futebol, os mandantes, os organizadores, Polícia Militar, Ministério Público, Prefeitura, para que possamos devolver essa alegria. Estádio com torcida única é muito triste. O esporte pressupõe duas partes é isso que nós queremos e acreditamos também”, disse o presidente, em entrevista ao Bahia Notícias.



Veja os gols do jogo Palmeiras 3 x 0 Vitória pela Copa São Paulo 2019

 

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*