Ednaldo Rodrigues faz balanço dos 18 anos comandando o Futebol Baiano

Depois de 18 anos, Ednaldo Rodrigues deixa a presidência da FBF

FOTO -FBF

Em cerimônia de posse realizada ontem à tarde no Salão Jade, no Wish Hotel da Bahia, os novos presidente e vice-presidente da Federação Bahiana de Futebol, Ricardo Lima e Manfredo Lessa assumiram o comando do Futebol Bahiano para o período 2019-2023. Estiveram presente no evento, presidentes de clubes e Ligas Desportivas; dirigentes de Federações; autoridades políticas, jurídicas e do esporte; atletas, torcedores e profissionais da imprensa baiana.

O agora Ex-presidente Ednaldo Rodrigues a partir deste mês assume a coordenação de um grupo de trabalho criado pela Confederação Brasileira de Futebol para discutir e apresentar melhorias para os campeonatos estaduais, e em abril assume a vice-presidência da própria CBF, transmitiu os cargos aos novos comandantes da FBF.

Ednaldo fez um balanço dos 18 anos em que esteve à frente da entidade, agradeceu os apoios que recebeu e desejou sucesso aos amigos Ricardo e Manfredo. “Durante estes 18 anos, aprendi que o futebol é o verdadeiro caminho da amizade. Acredito que cumpri minha missão com maior número de acertos do que equívocos. Foram muitas conquistas.

Veja abaixo



Qualificamos a arbitragem, promovemos qualificação e inclusão de ex-atletas. Fizemos importantes parcerias com emissoras de TV, como a TVE, Record e TV Bahia. Implantamos a TV FBF, uma nova ferramenta, que já é sucesso. Realizamos quase 200 competições neste período, todas iniciadas e encerradas nas datas previstas e concluídas dentro de campo. Foram mais de 20 mil jogos realizados. Trabalhamos de uma forma conjunta, disciplinada e com respeito acima de tudo. Procuramos pacificar o futebol baiano. Agradeço, indistintamente a todos os atuais presidentes de clubes e ligas filiadas, e também a seus antecessores. Foram 18 anos de convivência com união, o que nos tornou uma família. A consideração por todos continuará.

Agradeço também a todos os diretores, assessores e colaboradores da FBF. A todo o Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol da Bahia, seu presidente, auditores, procuradores e defensores dativos. É mais um ciclo que se encerra em nossa vida, mas que não nos afastará do futebol. A partir de abril estarei assumindo a vice-presidência da CBF, mais um reconhecimento do nosso trabalho. Minha trajetória na FBF foi construída com muita dedicação. Fui diretor de futebol do interior, diretor de registros, diretor de arbitragem e ligas para chegar até aqui. Agradeço, também, a todos os meus antecessores, especialmente a Marcos Andrade, que me deu a primeira oportunidade como dirigente, e Virgílio Elísio, que me deu oportunidade de continuar. Transmito aqui o cargo a Ricardo Lima e Manfredo Lessa. Confio neles para dar continuidade a esse trabalho. Tenho tranquilidade sobre o trabalho que eles vão fazer. Tenho certeza que será um sucesso e desejo que seja ainda melhor do que eu fiz”, disse

Deixe seu comentário

1 Trackback / Pingback

  1. Ednaldo Rodrigues faz balanço dos 18 anos comandando o Futebol Baiano – Futebol Bahiano | Notícias da Bola

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*