Anunciado pelo Oeste, novo treinador do Vitória se justifica na rede social

Ele chega com a missão de colocar o Leão na Série A

O anúncio de Marcelo Chamusca como novo técnico do Esporte Clube Vitória não foi uma surpresa, já que se trata de um nome dentro daquilo que a diretoria coloca como meta para 2019, que é voltar à Série A. Porém, o que chamou a atenção foi que na segunda-feira a foto de Chamusca estampava a capa do site do Oeste-SP, dando as boas-vindas ao treinador que havia aceitado comandar a equipe paulista no Estadual.

No entanto, após receber o convite do Vitória, Chamusca voltou atrás e desistiu do acerto com o Oeste, sendo assim anunciado como novo treinador do Leão na noite da última quinta-feira. Por meio da sua página no Instagram, ele explicou a situação e justificou a desistência do Oeste para assumir o Rubro-Negro.

Natural de Salvador (BA), Marcelo Chamusca tem 52 anos já comandou Vitória da Conquista, Salgueiro, Atlético-GO, Guarani, Sampaio Corrêa, Salgueiro-PE, Fortaleza, Ceará e Ponte Preta. Antes de se tornar treinador, trabalhou no Bahia como auxiliar e coordenador técnico entre os anos de 2002 a 2004, além Goiás, CRB, São Caetano, Botafogo, Oita Trinita do Japão, El Jaish SC do Catar, Avaí e Sport-PE (todos como auxiliar).

Veja abaixo o texto:



“Nesta quinta-feira, fui pego de surpresa com um convite para dirigir o Esporte Clube Vitória, e fico feliz em dizer que aceitei o desafio. Dias atrás o Oeste Futebol Clube me apresentou um interessante projeto para a disputa da Série A1 do Paulistão e da Série B do Brasileiro, e me juntei à equipe. Porém, por questões que vão muito além da parte financeira, precisei rever minha posição. Sou de Salvador e tive minha primeira experiência como treinador de futebol nas categorias de base do Vitória. A dívida de gratidão que eu possuía com o clube por ter me apresentado a essa profissão era algo que carreguei por toda minha carreira. Nesta quinta, tive a chance de retribuir isso. Ser um treinador de futebol significa passar muito tempo longe de sua família. Viajar por todo o Brasil, sentir saudades de estar com quem você ama. Neste momento, senti que era hora de me reconectar às minhas raízes. Estarei em casa, perto de minha família, em um clube que aprendi a admirar desde cedo. Agradeço imensamente ao Oeste Futebol Clube pelo convite e, sem dúvidas, seguirei acompanhando à distância um projeto que tem tudo para ser bem sucedido. Mas era hora de voltar pra casa. Obrigado pela oportunidade, @ecvitoriaoficial. E vamos juntos”, postou.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*