Cruzeiro vence com tranquilidade e encaminha o Vitória para Série B

Completamente desacreditado, digo, até mesmo desprestigiado pela própria torcida pela posição de vice-lanterna do Campeonato Brasileiro que ocupa, o Esporte Clube Vitória precisando desesperadamente do triunfo enfrentou hoje à noite no Estádio do Mineirão, o Cruzeiro em jogo da antepenúltima rodada do Campeonato Brasileiro da Série A.

A tarefa era considerada como improvável pelo péssimo momento que vive o Leão, pela sequência de seis jogos sem triunfo, além do FATO RARO de obter triunfos quando ultrapassa suas fronteiras, já que em 17 jogos venceu apenas duas. MAS como sabemos, o imponderável e as assombrações do mundo do futebol são principio ativo que move e mobiliza todas as esperanças mesmo quando todos os santos unidos e irmanados já tenham negado o amém pela péssima qualidade do elenco montado pelo Vitória para enfrentar uma empreitada sabidamente difícil e onde somente os fortes, quando não, o resistentes sobrevivem.

Finalizado a partida não tivemos qualquer tipo de surpresa. Aconteceu exatamente aquilo que era esperado, até mesmo no placar expressivo. Mesmo enfrentando um adversário descompromissado com aumento da pontuação na tabela de classificação por não ter chance de conquista de título ou corria risco de rebaixamento e com vaga para fase de grupo da Libertadores antecipadamente garantida foi derrotado pelo placar de 3 x 0 e assim, caminha em passos retos e certos em direção da segunda divisão do Campeonato Brasileiro, aliás, um sonhos que vem se dedicando de corpo e alma nos dois últimos anos.

Primeiro tempo até o Vitória resistiu, equilibrou a partida ainda que não tenha ameaçado de forma importante o gol defendido pelo goleiro Rafael, porém, acabou sendo castigado com um gol contra ( DE NOVO) marcado pelo zagueiro Aderllan que chegou para jogar por terra o projeto inicial do Leão de jogar por uma bola e explorar um erro ou falha do Cruzeiro em contra-ataques



Segundo tempo o jogo acabou para o Vitória. Se estava morto na primeira etapa, na parte complementar foi sepultado três metros além do solo, já que sumiu em campo depois de ser completamente dominado pelo time celeste que ampliou o placar para 3 x 0 com dois gols do atacante Fred. Um placar até generoso para o Vitória já merecia receber um placar mais representativo do que foi de fato o jogo, notadamente no segundo tempo, onde o Cruzeiro foi soberano e desperdiçou varias oportunidades com importantes intervenções do goleiro João Gabriel

Com a derrota para o Cruzeiro, o Vitória agora terá que secar desesperadamente os concorrentes que entram em campo nesta quinta-feira no complemento da 36ª rodada. Os resultados que ajudariam e manteriam o Leão ainda com esperança, seriam: Empate entre Chapecoense e Sport-PE na Arena Condá; Derrota do Vasco para o São Paulo em São Januário e derrota do Ceará contra o rebaixado Paraná Clube no Castelão. Porém, se a rodada não for “amiga” como as anteriores, o Leão pode ver a diferença para sair do Z-4 aumentar para 5 pontos restando mais duas decisões, ou seja, praticamente selando e carimbando o rebaixamento rubro-negro.

Na sequência da competição, o Leão não terá menor nível dificuldade. Enfrenta o Grêmio no próximo Domingo às 16h (Salvador) em outra pedreira onde o Vitória não pode pensar nem mesmo em empatar.

Vale lembrar que o time gaúcho está completamente envolvido numa briga em especial contra o rival Internacional por uma das vagas do G4 que pode lhe oferecer novamente vaga direta para a Taça Libertadores da América no próximo ano.

Cruzeiro 3 x 0 Vitória: Confira os gols de Fred e Aderllan (contra)

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*