Mudança no Atlético-MG: Sai Thiago Larghi, entra Levir Culpi

Futebol não tem mistério, especialmente em clubes de grande porte onde os resultados precisam aparecer no primeiro momento. Não venceu, ta fora. Foi o caso do Thiago Larghi que deixou o cargo abrindo espaço para o retorno Levir Culpi. O treinador acertou contrato com o clube até dezembro de 2019.



A última passagem de Levir Culpi pelo Atlético aconteceu em abril de 2014, quando o treinador substituiu Paulo Autuori. No pouco mais de um ano e meio que ficou no clube, foram três títulos conquistados: a Recopa Sul-Americana (2014), a Copa do Brasil (2014) e o Campeonato Mineiro (2015). Foram 113 jogos, com 61 vitórias, 22 empates e 30 derrotas. O aproveitamento foi de 60,4% dos pontos disputados.

Levir Culpi estava desempregado. Recentemente teve seus momentos entre os pretendidos pela Chapecoense que acabou contratando Claudinei de Oliveira.   O último time que ele treinou foi o Gamba Osaka, do Japão, por quem foi demitido em julho, após deixar a equipe na zona de rebaixamento da liga japonesa.
Seu trabalho mais recente no Brasil foi o Santos, em 2017.

Deixe seu comentário