Próximo adversário do Vitória, Vasco vai para a guerra, diz treinador

Há três jogos sem vencer e sentado na porta do Z-4 da Série A, o Vasco da Gama vai para guerra no Campeonato Brasileiro, à começar pelo jogo contra o Vitória, domingo, às 19h, no Barradão. Foi o que destacou o técnico Alberto Valentim que ainda não venceu à frente do Cruzmaltino, perdeu as três que disputou: Atlético-PR, Santos e América-MG.

Nesta quinta-feira, em entrevista coletiva após a derrota do Vasco por 2 a 1 para o América-MG, no estádio Independência (BH), o treinador disse estar P da VIDA, mas garantiu que a equipe irá sair dessa situação delicada. Ele também demonstrou estar consciente da forte pressão que o clube sofrerá da crítica e da torcida nos próximos dias por conta dos insucessos. Veja abaixo



“O Vasco é muito grande, mas não podemos colocar o peso de anos anteriores que o Vasco caiu. Iremos sair dessa situação e melhoraremos na tabela. O torcedor pode ter certeza disso, porque iremos nos abraçar de uma forma muito grande. Nós vamos para a guerra neste campeonato. Estamos tristes, ?P da vida, mas vamos recuperar. Claro que precisamos recuperar na tabela. Vamos trabalhar muito, reagir, precisamos ter mais confiança para jogar”, declarou.

“É entender que vamos sofrer críticas, tomar umas porradas, o torcedor está insatisfeito, mas temos que ter personalidade para encarar isso. Conversando, mostrando no que estamos errando… Não vai ter tempo para trabalhar muito, mas temos que fazer pelo menos um pouco no sábado (véspera do jogo com o Vitória). Não tem muito tempo para ficar se lamentando”, finalizou.

“Vitória se comportou como time pequeno”, diz Kayke, do Fluminense

Deixe seu comentário