Bahia sofre, mas vence o Botafogo e larga na frente pela Sul-Americana

Tricolor venceu por 2 x 1 e joga pelo empate na volta

Foto: Felipe Oliveira / ECB

O Esporte Clube Bahia conseguiu um bom resultado no primeiro jogo das oitavas de final da Copa Sul-Americana ao vencer o Botafogo por 2 x 1 na noite desta quinta-feira, na Arena Fonte Nova, e largou na frente por uma vaga nas quartas de final da competição, porém, testou a paciência do torcedor em duelo nervoso, onde chegou a abrir 2 x 0, com gols de Ramires e Clayton, mas levou um sufoco daqueles do time carioca e contou com as intervenções do goleiro Douglas, em um dia inspirado, para sair de campo com o triunfo por 2 x 1.

O segundo e decisivo jogo será no dia 03 de outubro, às 21h45, no estádio do Engenhão. Para avançar, o Bahia precisa de um empate. Se for derrotado por 1 x 0, o Botafogo avança pelo critério gol qualificado. Um novo 2 x 1, agora para o time carioca, leva a decisão para os pênaltis. Se o Tricolor perder por 1 gol de diferença, porém marcando dois ou mais gols (exemplo: 3 x 2), se classifica pelo mesmo critério. Quem avançar deste duelo encara o vencedor dos 180 minutos de Atlético-PR e Caracas, sendo que o Furacão venceu fora de casa por 2 x 0 na ida.

O Bahia começou o jogo organizado, bem produtivo e pressionando, adiantando a marcação e forçando o erro do adversário, assim conseguiu abrir o placar aos 4 minutos com o meia Ramires, marcando seu primeiro gol em 3 jogos pelo profissional do tricolor. Porém, depois do gol, o time caiu de produção e começou a cometer erros bobos de passes horizontais no meio campo, deixando a torcida impaciente na Fonte Nova. Com espaço, o Botafogo teve liberdade e foi para o ataque, levando perigo e carimbando a trave duas vezes.

No segundo tempo, apesar da pressão inicial do Botafogo que exigiu grandes defesas do goleiro Douglas, foi o Bahia quem balançou a rede aos 14 minutos com Clayton que já estava pronto para deixar o campo e dá o lugar a Brumado, mas marcou seu primeiro gol pelo Esquadrão no primeiro jogo como titular. A torcida ainda comemorava quando Rodrigo Pimpão diminuiu e colocou fogo na partida.

Após perder Zé Rafael, substituído com dores no adutor da coxa direita, o Bahia ainda teve o lateral-esquerdo Léo expulso aos 30 minutos. Com 10 homens e o placar perigoso, o Tricolor se mostrou nervoso em campo, mas conseguiu segurar o triunfo importante por 2 x 1.



Deixe seu comentário