Saída de Mena é possível, mas negociação está congelada, revela Bellintani

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Mena vai ou fica? Eis a questão. Não sabemos e a situação do lateral-esquerdo chileno no Bahia segue indefinida. O diretor de futebol Diego Cerri revelou em entrevista neste domingo, após o BA-VI, que não tem nada definido mas nesta semana será dada uma solução ao caso, tanto para o sim, como para o não. De acordo com a imprensa argentina, o valor oferecido pelo Racing é de quase R$ 4 milhões, além de um contrato de 4 anos para o jogador. O Tricolor detém 80% dos direitos econômicos do atleta e possui contrato até o fim de 2019.

“O Mena recebeu, de fato, uma proposta do Racing. E está sendo discutido. Nada está definido ainda. Mas é algo que, nesta semana, a gente deve resolver, tanto para o sim, como para o não. Dar realmente uma solução ao caso nesta semana”, disse Diego Cerri.

Se Diego Cerri diz que está sendo discutido e tomará uma decisão esta semana, o presidente Guilherme Bellintani foi mais direto ao afirmar, em conversa com a imprensa na zona mista da Arena Fonte Nova, também após o clássico BA-VI, que a negociação está congelada no momento, mas com possibilidade de acontecer. Veja abaixo:

“Eu fico dizendo sempre que a gente tem atletas, muitos deles, desejados pelos clubes. É uma situação muito peculiar. Nós estamos buscando reforços com muita dificuldade, mas falando sobre nossos atletas que são desejados por outros clubes, Mena é lateral-esquerdo com muitos jogos pela seleção chilena, foi titular em muitos clubes, então uma negociação é possível acontecer. Mas hoje, do jeito que tá, está tudo estagnado”, afirmou o presidente.



Mena chegou ao Bahia no início da temporada após passagem pelo Sport Recife. Pelo Tricolor, tem 20 jogos e 1 gol marcado na partida contra o Corinthians, pela Série A. Revelado pelo Santiago Wanderers, ele tem passagens por São Paulo, Santos, Cruzeiro e Sport. Caso deixe o Fazendão, Léo ficará como o único jogador da posição disponível para o técnico Enderson Moreira.

Bellintani afirma que mais dois ou três reforços podem chegar ao Bahia

Deixe seu comentário