Enderson fala sobre estreia, Kayke, Élber, Nílton e vantagem do Bahia

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Na estreia do pé-quente Enderson Moreira, o Esporte Clube Bahia encerrou o jejum de quatro jogos consecutivos sem vencer fora de Salvador e largou na frente por uma vaga na final da Copa do Nordeste ao vencer na noite desta quinta-feira (21) o Ceará, pelo placar de 1 a 0, na Arena Castelão, em Fortaleza, trazendo para Salvador um bom resultado e uma boa vantagem na bagagem.

Na entrevista coletiva à imprensa após o jogo, o treinador elogiou a postura e atuação da equipe, explicou a entrada de Élber no primeiro tempo no lugar de Kayke (lesionado). Também falou sobre a entrada de Nilton, que não tinha chances com Guto Ferreira e as vezes sequer figurava no banco de reservas. E por fim, comentou o bom triunfo e a vantagem conquistada. O comandante, porém, freia a euforia e alerta que não tem nada decidido.

“Foi uma ótima estreia, com direito a um grande triunfo fora de casa. Mas, como disse para eles, não tem nada decidido. Pés no chão o tempo todo. Estou no futebol tem muito tempo, já vivi coisas parecidas, então posso dizer que não tem nada ganho. Sobre a saída de Kayke, naquele momento, eu coloquei Élber por conhecer bem este atleta. Mesmo sem ter uma referência, um centroavante em campo, acredito que os homens de frente fizeram bem um revezamento naquele espaço”

“É uma decisão de 180 minutos, como todos sabem, e fizemos apenas nossa primeira parte. Espero que nosso torcedor, na terça-feira, possa lotar o estádio. Vamos buscar a classificação para levar alegria aos que estiverem lá […] Sobre Nilton… Tenho um olhar para o grupo muito atento. No jogo de hoje achei que era conveniente a entrada dele, principalmente pelo jogo aéreo. A gente tem que enaltecer o grupo inteiro. São jogadores que tenho certeza que vão ter muitas oportunidades na temporada”

Ouça a entrevista completa abaixo:



Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*