Técnico do Fluminense comemora triunfo em cima do Vitória

O Fluminense obteve de fato um resultado surpreendente ao vencer o Vitória pelo placar de 2 x 1, após virar o primeiro sendo derrotado por 1 x 0 e não ter apresentado nada que indicasse que poderia reverter o placar, MAS reverteu. O segundo tempo cresceu e atropelou o Vitória que continua um time instável e pouco confiável. Após o jogo, o técnico Abel Braga era só alegria. Na entrevista coletiva após a partida o comandante tricolor comemorou bastante o resultado e a disposição da equipe.

ANÁLISE DO JOGO
– O jogo foi pegado, corrido. O Vitória não se entregou. É uma equipe difícil, porque ofensivamente é muito forte. Estou muito feliz, porque taticamente não mudamos praticamente nada a nossa maneira de jogar ao longo da partida. Empatamos e viramos com os três zagueiros. Isso é muito bom. Mais uma vez o Pablo e o Robinho entraram bem. Neste momento está subindo e muito o coletivo.



POSTURA DA EQUIPE
– No primeiro tempo, no último terço ofensivo nós chutamos em gol de maneira desordenada. Quando tinha de chutar passava, quando tinha de passar, chutava. Isso proporcionava o contra-ataque do Vitória, que é um time muito rápido. No segundo tempo deixamos de errar tanto, viramos a partida e mantivemos o controle. Não foi só a virada. Foi uma entrega muito grande. Talvez, não tenha no Brasil um time tão rápido quanto o Vitória. Suportamos bem isso.

GILBERTO
– Para o Gilberto foi muito bom. Retoma a confiança. Não é a expulsão em si, é como ela aconteceu. Ele ficou com vergonha, chorou no vestiário. Hoje ele volta à equipe marca um gol e nos ajuda muito. Teve melhora acentuada no segundo tempo, pois no primeiro ficou muito atrás. Nós demoramos a rodar a bola, proporcionamos contra-ataques com erros de passes e ele acabou ficando mais preso. No segundo melhoramos e ele também.

Com o resultado, o Fluminense pulou para sete pontos, após as quatro primeiras rodadas. A equipe retorna ao Rio de Janeiro nesta segunda-feira. Os reservas e não relacionados para o jogo em Salvador trabalharão à tarde no CT. Na próxima quinta-feira, às 21h45 (de Brasília) o Tricolor joga em Potosí, na Bolívia, diante do Nacional, valendo vaga na segunda fase da Copa Sul-Americana.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*