Guto explica escalação de Régis e estratégia do Bahia contra o Flamengo

Tem virado rotina o técnico Guto Ferreira tentando justificar as derrotas do Bahia fora de Salvador. Nesta quinta-feira (31), após perder para o Flamengo, por 2 a 0, no Maracanã, o treinador afirmou que a estratégia era levar o empate sem gols para buscar algo no segundo tempo. Ele também destacou as oportunidades desperdiçadas pelo time na etapa final, a maioria bloqueada pelo goleiro Diego Alves. Por fim, explicou a escalação de Régis no lugar de Brumado.

“Me incomoda muito em que pese as oportunidades. Chutamos sete bolas dentro do retângulos com defesas de Diego. Existe a qualidade do adversário. O cara pega uma sequência de duas bolas e com agente a bola resvala e sobra sozinho. Se termina o primeiro tempo 0 a 0 seria outra situação. A estratégia era sair no 0 a 0 para buscar algo no segundo tempo. A gente sabia que o Flamengo iria cair e nós íamos buscar a transição. Infelizmente não aconteceu”, declarou.

Veja o vídeo completo:




Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*