Bahia contesta e notifica Esporte Interativo por pagamento ao Palmeiras

Um dos assuntos abordados pelo presidente do Esporte Clube Bahia em entrevista à Rádio Itapoan FM foi o acordo de TV assinado com a emissora Esporte Interativo, em 2016. Guilherme Bellintani afirma ter encontrado falhas no contrato no que se diz respeito ao pagamento de “luvas” a mais para o Palmeiras.

De acordo com Bellintani, o Esporte Interativo pagou R$ 100 milhões ao Palmeiras, o que poderia dar direito ao Bahia de solicitar mais R$ 60 milhões, afinal, um dos pontos acordados seria pagar cotas iguais aos clubes. O mandatário revelou que a emissora foi notificada e, por sua vez, não negou nem confirmou a informação.

“A gente tem algumas questões relativas a contrato com o Esporte Interativo. É um contrato muito importante, que também requer cuidado especial. Estamos discutindo termos desse contrato. Há uma coisa que nos incomoda muito, que foi descoberto pelo Bahia na nossa chegada. Percebi um pagamento a mais ao Palmeiras, que teria recebido R$ 100 milhões de luvas, o que é vedado pelo contrato. Se pagou R$ milhões aos outros clubes, não poderia ter sido pago R$ 60 milhões a mais ao Palmeiras. Isso nos daria, em tese, um direito de buscar esses R$ 60 milhões […]

Notificamos o Esporte Interativo, ele não confirmou nem negou a informação. Já sobre os R$ 40 milhões pagos em 2016, foram sim a título de luvas, não há dúvidas quanto a isso. O que há dúvidas é que alguns dos anexos do contrato não nos permitem chegar a conclusão se os valores a serem recebidos anualmente estão corretos ou não. Me parece que não estão, que são menores do que deveriam. É um contrato um pouco confuso e impreciso. Por isso notificamos o Esporte Interativo e estamos aguardando a resposta”, explicou.


Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*