Toma Lá, Dá Cá. Bahia perde e reabilita o Náutico na Copa do Nordeste

Após vencer em Salvador por 2 a 1, Bahia tropeçou em Pernambuco

O Esporte Clube Bahia teve sua invencibilidade de 10 jogos quebrada neste sábado ao perder para o Náutico – o qual havia vencido na rodada anterior da Copa do Nordeste por 3 a 1 – e hoje, na Arena Pernambuco, tentou de todas as formas e jeitos, mas não conseguiu furar o bloqueio adversário numa tarde inspirada do goleiro Bruno, que pegou tudo, até pensamento e segurou o triunfo do Timbu que deu o troco e aplicou um gude-preso, 1 a 0, com gol anotado pelo atacante Robinho (o genérico). Parece que a cota de gols da semana foi toda gasta diante do Jequié, na goleada por 6 a 1.

A derrota brecou a possibilidade do Bahia encaminhar a classificação para próxima fase do Nordestão e ainda por cima reabilitou o Náutico que estava quase morto na competição e agora reascendeu a esperança e mais vivo do que nunca ainda sonha com uma vaga nas quartas de final. No Grupo C, Esquadrão segue em 2º com 6 pontos, enquanto o Timbu chegou aos 4. O líder isolado é o Botafogo-PB, com 9 pontos e 100% de aproveitamento. O próximo compromisso tricolor é contra o Altos-PI, terça-feira, na Fonte Nova, pela 5ª rodada do Nordestão.

O Bahia no primeiro tempo praticamente não existiu. Completamente desligado, desorientado e desorganizado, com a cara do seu treinador, que pouco gesticulou ou reclamou, ao contrário, mostrava uma feição de enorme tranquilidade na beira do gramado, mesmo com o gol sofrido aos 10 minutos e a falta de criatividade e produtividade da equipe. Dentro de campo, os jogadores pareciam não saber o que fazer e, apesar da maior posse de bola e domínio, só agrediram o adversário uma única vez em finalização do meia Vinícius aos 4 minutos.

Com duas mudanças logo de cara (Brumado e Élber nos lugares dos apagados Kayke e Elton), o Bahia voltou para o tudo ou nada mais mais ofensivo e antenado, e em apenas 2 minutos desperdiçou duas excelentes oportunidades em sequência com Brumado e Edigar parando no goleiro Bruno. O jogo seguiu movimentado na etapa final, com oportunidades para os dois lados. O Esquadrão foi mais incisivo e até mereceu o empate, porém, faltou eficiência e competência, principalmente ao jovem Júnior Brumado que perdeu uma chance claríssima e inacreditável aos 37 minutos.

Deixe seu comentário

1 Trackback / Pingback

  1. Agen Bola Online

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*