Mais uma vez, Vitória tem pedido de efeito suspensivo negado pelo STJD

Leão terá de aguardar o julgamento do SJTD na próxima semana

Mesmo pouco esperançoso, o Esporte Clube Vitória ainda aguardava para saber poderia contar com os jogadores Kanu, Yago, Denílson e Rhayner e com o técnico Vagner Mancini (suspensos pelo TJD-BA por conta da confusão no clássico do dia 18 de fevereiro) no BA-VI deste domingo, na Arena Fonte Nova, o primeiro dos dois que decidem o campeão baiano de 2018.

No entanto, mais uma vez, o Vitória teve o pedido de efeito suspensivo negado em decisão publicada neste sábado pelo Auditor Mauro Marcelo de Lima e Silva, do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Na primeira vez que não obteve êxito, o Leão entrou com um mandado de garantia para tentar ter o técnico e os jogadores no primeiro jogo da decisão, porém, a entidade destacou que vai aguardar o julgamento que acontece às vésperas do BA-VI decisivo no Barradão.

Com isso, Kanu, Yago, Rhayner e Denilson continuam sem condições de atuar pelo Campeonato Baiano e estão fora do clássico deste domingo, assim como o técnico Vagner Mancini, que será novamente substituído pelo auxiliar Anderson Batatais, que vem comandando a equipe nos últimos jogos do Baiano.

Veja abaixo a decisão:




Na mira do Atlético-MG, Volante do Vitória se reúne com seus empresários

Deixe seu comentário

3 Trackbacks / Pingbacks

  1. รับทำเว็บไซต์
  2. สินเชื่อบ้าน
  3. Motorsports Spokesman

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*