Deficiências do Bahia não são por falta de reforços, destaca Bellintani

As atuações inconstantes do Bahia nesse início de temporada seguem chateando os torcedores que não cansam de clamar pela saída do treinador. Nos primeiros jogos era até aceitável a desculpa de “falta de ritmo” e “curto tempo de pré-temporada”, porém, agora essa desculpa não é mais cabível, tampouco ausências de peças no elenco. A diretoria tricolor contratou à atacado e, segundo o presidente Guilherme Bellintani, as deficiências atuais da equipe são problemas técnicos, táticos e de treinamentos. O mandatário ainda afirmou que o Bahia está atento ao mercado em busca de oportunidades de reforços.

“Acho que sempre, ao longo de toda a temporada, enquanto tiver chance de inscrição de atleta, em qualquer competição, a gente sempre vai estar olhando para o mercado. Agora, longe de mim achar, por exemplo, que as deficiências apontadas nesse time que o Bahia tem hoje, e há deficiências, a gente sabe disso, são deficiências que se originam de lacunas no elenco. Eu não acho isso. O que eu acho é que são deficiências que podem ser corrigidas com trabalho técnico, trabalho tático, treinamento, estratégia. Eu não acho que o problema específico do Bahia é um problema de ausência de uma peça ou de outra em alguma posição específica. Mas, repito, a gente vai estar sendo observando e analisando qualquer oportunidade”, disse Bellintani.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*