Arsenal rejeitou Willian para dar preferência a Neto Baiano, ex-Vitória

Segundo Mussatti, o Arsenal chegou a monitorar o ex-atacante do Vitória

Em entrevista recentemente à ESPN, o ex-treinador Daniel Musatti, que foi técnico das categorias de base Corinthians, fez uma revelação bombástica sobre o atacante Willian, hoje um dos destaques do Chelsea e com vaga garantida na lista do técnico Tite para disputa da Copa do Mundo.

Segundo o ex-técnico de futebol, o meia-atacante Willian esteve muito perto de ir parar em outro clube da liga inglesa. Em meados de 2006, o atleta foi observado pelo Arsenal, rival londrino dos Blues, porém, o clube acabou rejeitando o jogador revelado na base do Corinthians.

Até aí tudo bem, algo até normal, afinal, tratava-se se um jogador ainda engatinhando no futebol e sem confirmação de sucesso futuro. Porém, a rejeição foi por um outro motivo: O atacante Neto Baiano, na época com seus 20 e poucos anos e atuando no Palmeiras, emprestado pelo Atlético-PR, e que anos depois viria a jogar no Vitória e se tornar ídolo da torcida rubro-negra.

Segundo Mussatti, o Arsenal chegou a monitorar o ex-atacante do Vitória, porém, desistiu do negócio. Apesar de ter perdido Willian, ao menos o clube inglês voltou a atrás e evitou cometer tamanha loucura. Neto Baiano teve passagens pelo rubro-negro baiano entre 2009 e 2012, além de curto período em 2015. É o artilheiro do santuário do clube, o Barradão, com 53 gols, um deles o milésimo na história do estádio. Aos 35 anos, hoje ele é atacante do CRB, time da Série B do Brasileirão.

Veja a revelação:

“Fiz a sugestão de observamos o Willian e fazermos um relatório completo dele para análise do scout chefe do Arsenal. Na época, porém, me disseram que não havia interesse, pois eles estavam de olho em outro jogador. Um ano depois de eu ter sugerido o Willian ao Arsenal, ele foi vendido por uma ʹboladaʹ pra Ucrânia e se desenvolveu lá, virando esse grande jogador que todos veem hoje. Ele poderia ter ido para o Arsenal, mas eles preferiram observar o Neto Baiano”, disse Mussatti.

Deixe seu comentário