Bahia vai pagar um preço alto se não trocar o treinador em tempo hábil

"Não me recordo o Bahia ter tido uma campanha tão pífia, tão nefasta, como deste ano"

Texto: Salvador Rocha

QUE BAHIA É ESSE?

Embora em 2017, Guto Ferreira tenha tido um desempenho ruim no início do ano, em 2018 ainda tem sido muito pior. Não me recordo, o Bahia ter tido uma campanha tão pífia, tão nefasta como deste ano. Pasmem! Bastou o lanterna Jacobina enfrentar o Bahia para ganhar seu primeiro ponto no Campeonato Baiano, não ganhando o jogo por incompetência de seus atacantes. Jacobina, este que só o Bahia não venceu.

O Bahia foi simplesmente irreconhecível em campo, tanto assim, que o único chute perigoso, foi aquele de Vinícius que bateu no travessão aos 47 minutos do 2º tempo. Convenhamos que é muito pouco para um time da grandeza do Esporte Clube Bahia.

Já se foram 6 partidas, apenas 4 gols marcados, dois empates, duas derrotas e dois triunfos, um deles muito sofrido contra o fraco Picos do Piauí. Porém, apesar de várias partidas realizadas, Guto Ferreira segue com o mesmo discurso de falta de tempo para treinar, horas de viagem, jogos sucessivos, elogios desacerbados ao Diretor/Empresário/Treinador Orlando da Hora do Jacobina, que o rival mudou poucas peças do time do ano passado.

E o Bahia tem poucas peças do ano passado? Ora, Guto só faltou dizer que o colchão do Hotel de Jacobina era duro e que o time não conseguiu dormir.

O Bahia vai pagar vai pagar um preço muito alto se o presidente Guilherme Bellintani não trocar este treinador em tempo hábil, a torcida não o aceita mais, não engole mais tantas desculpas, não aceita jogar mal todas as partidas contra times inexpressivos, com os quais, o Bahia tem enfrentado. Independente disso, o time é um bando em campo, só não vê quem não quer.

Guto Ferreira tem muita dificuldade par armar uma equipe. Em 2017, só conseguiu dar um padrão de jogo ao time, depois de quase um ano. Aproveita Bellitani, que temos 10 dias para treinar, e troca imediatamente de treinador, antes do jogo contra o Vitória da Conquista. Se continuar com Guto, mesmo depois dos treinamentos pró-carnaval, não vai mudar muita coisa.

Pergunto, que Bahia é esse?

Salvador Rocha, torcedor do Bahia, amigo e colaborador do Futebol Bahiano

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*