Bahia usará documento contra Vagner Mancini no tribunal

Além da denúncia da procuradoria contra o Vitória, o Esporte Clube Bahia parte integrante de toda a questão reforça a acusação. O clube entrou como terceiro interessado no processo que será julgado hoje à noite, aumentando a assim o grau de tensão que envolve o julgamento que poderá não tão somente desclassificar, como rebaixar o Esporte Clube Vitória para a 2ª divisão do Campeonato Baiano.

De acordo o jornal Correio da Bahia, o clube entregou um pedido, na noite da última segunda-feira (26), buscando ingressar como interessado.

Se o pedido for aceito, os advogados do Bahia terão um período para argumentação, assim como a procuradoria e a defesa do Vitória. O tricolor apresentará o laudo de uma perícia contratada pelo clube com a leitura labial do que disse o técnico Vagner Mancini ao zagueiro Ramon.

Ainda de acordo a publicação, o documento ainda aponta que o técnico fez ao mesmo tempo um gesto com a mão, fechando o polegar com o dedo indicador, similar ao gesto de mostrar um cartão amarelo a um jogador.

O laudo foi elaborado pela empresa Forense PRO, com sede em quatro capitais brasileiras, uma delas Salvador. O documento foi elaborado pela perita forense Maria do Carmo Gargaglione e pela fonoaudióloga perita Valéria Leal.

 

Veja aqui o laudo

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*