Reviravolta: Vendido ao Cruzeiro, David pode retornar ao Vitória. Entenda!

Atacante tem uma lesão de grau 4 e existe um impasse entre as diretorias

A venda do atacante David ao Cruzeiro caminha para se tornar uma “novela” e com muito suspense e mistério. Um verdadeiro bicho de 7 cabeças, como diria Geraldo Azevedo. Uma semana atrás, após uma longa negociação, o Cruzeiro apresentava o ex-jogador do Vitória. Até aí tudo bem, tudo perfeito. Só que não. O atleta chegou a Toca da Raposa com uma lesão na coxa direita sofrida no final de 2017. Era esperado que ele inicia-se o tratamento no clube mineiro, no entanto, houve uma reviravolta. O atacante pode retornar ao Vitória nos próximos dias devido impasse entre as diretorias celeste e rubro-negra.

Estava acordado entre Cruzeiro e Vitória que o departamento médico celeste avaliaria a situação do jogador para que o negócio fosse concluído, com o pagamento sendo feito ao clube baiano. O presidente do Leão, Ricardo David, diz que o Cruzeiro ainda não se posicionou em relação ao tratamento do atleta, e cobra uma decisão da diretoria mineira.

“O David se apresentou com a lesão. Iniciou tratamento e foi avaliado pelos médicos do Cruzeiro A lesão é comum em atletas, nada de anormal. Do nosso lado, esperamos o seguinte: o DM não dá a aprovação, o atleta retorna e o contrato fica suspenso até que ele se recupere. Se acharem que a recuperação não será demorada, o negócio tem que ser concluído. O Cruzeiro decide, paga e conclui a negociação”, disse Ricardo ao Superesportes, na manhã desta sexta-feira.

Com o impasse, o presidente do Vitória enviou, nessa quinta, uma notificação ao Cruzeiro cobrando formalmente uma definição sobre o futuro do jogador. “Eles não dão prazo (para que o negócio seja concluído). Estamos em comunicação diária. O problema é só uma decisão de não querer esperar. Enviamos uma notificação e cabe ao Cruzeiro decidir se o atleta retorna, ou se fecham o negócio e pagam”

A situação de David é delicada, segundo os médicos do Cruzeiro. Ele passou por exames complementares, já que havia iniciado o tratamento da lesão em Salvador. O departamento médico da Raposa concluiu que o atacante teve uma lesão muscular grau 4.

“Tem uma questão contratual do Vitória com o Cruzeiro. A situação está delicada. Ele teve uma lesão muscular importante, grau 4. A gente complementou o diagnostico dele. Mandamos para o Vitória essa situação. O Djian (Marcelo, diretor de futebol celeste) tá em contato contínuo com eles para resolver a questão. Ruptura de tendão parecida com a lesão que o Raniel teve. David está respondendo muito bem ao tratamento, mas ainda não tem prazo para a gente liberá-lo para a fisioterapia. Estamos acompanhando tudo por meio de exames. O prazo não tem como ser estabelecido até então”, disse o médico do Cruzeiro, Sérgio Campolina.

Apesar de estar respondendo ao tratamento de forma positiva, David ainda não tem previsão de ser liberado do DM, nem mesmo para iniciar a fisioterapia. Porém, há uma contradição. No dia 2 de janeiro, data em que o Cruzeiro completou 97 anos, o diretor de futebol Marcelo Djian afirmou que a lesão de David não era grave e que se apresentaria como todos os outros jogadores. No entanto, após a realização de ressonância magnética, constatou-se que a lesão é profunda e sem sinal de cicatrização.

David, de 22 anos, teve 70% dos direitos econômicos comprados pelo Cruzeiro por 2,5 milhões de euros (cerca de R$ 9,7 milhões). O contrato do meia-atacante com a equipe celeste será de cinco anos. Além disso, a Raposa emprestou o lateral-esquerdo Bryan ao Vitória por uma temporada, pagando a metade dos salários do jogador. Porém, nada ainda foi pago e não tem previsão com toda essa polêmica.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*