Hora do Adeus?! Bahia quer grana para liberar Hernane ao Fluminense

Hernane não vem sendo sequer relacionado pelo técnico Guto Ferreira...

O fato de não ter sido relacionado nas últimas partidas do Bahia pode ser um sinal do adeus do atacante Hernane. Na última segunda-feira, o Fluminense fez uma sondagem pelo atleta. Os cariocas já procuram um possível substituto para o “Ceifador” Henrique Dourado, que negocia com o Flamengo.

Hernane se adequa ao perfil pedido por Abel Braga: homem de área e finalizador. Atualmente, o treinador dispõe de apenas dois jogadores com essas características no elenco, os jovens Pedro e Felipe, ambos de 20 anos. No entanto, para liberar o “Brocador”, o Bahia quer uma compensação financeira, algo não cogitado pelo Fluminense.

Além disso, outro empecilho é o salário do atacante de 31 anos. Algo entre 250 a 300 mil, incluindo luvas e comissões. O jogador chegou a ser procurado também pelo Botafogo, mas as negociações não avançaram. Hernane tem contrato com o Bahia até o final deste ano e não vem tendo muito espaço no time titular.

Hernane era peça importante do Bahia até abril de 2017, quando sofreu uma fratura na tíbia. Ficou cinco meses parado e, quando retornou, Edigar Junio havia se consolidado como centroavante titular.

Em 2018, o “Brocador” foi escalado em dois jogos pelo técnico Guto Ferreira. Entrou a 15 minutos do fim na partida contra o Botafogo-PB, e começou jogando contra o Bahia de Feira de Santana, mas foi substituído no intervalo e ainda por cima vaiado. Ou seja, os dias para a tão esperada despedida parecem contados. Sem choro ou saudades. Espero que a diretoria não faça dificuldade. Impossível manter um jogador caro sendo terceiro reserva.

Sim… chegou o momento, é hora do adeus. Boa sorte, Brocador!



 

Sem espaço e contestado: Hernane Brocador com os dias contados no Bahia

Deixe seu comentário