Destaque em triunfo comemora: “Importante é fazer o melhor pelo Bahia”

"Tenho certeza que esse ano a gente vai conquistar grandes coisas”, disse Kayke

Se no sábado, dia 27, o atacante Kayke saiu de campo com gostinho de “quase” na partida entre Bahia x Flu de Feira, pelo Baianão, que terminou no empate sem gols e com o camisa 29 perdendo duas chances claras. Desta vez, o atacante finalmente desencantou e marcar o seu primeiro gol com o manto tricolor.

A partida não estava tão tranquila para o Bahia, porém, o atacante Kayke saiu do banco e mudou o jogo. Logo aos 16 minutos aproveitou um belo passe de Vinicius e marcou o primeiro. No segundo tento, deu uma linda assistência para Zé Rafael ampliar o placar em Teresina.

O jogador comemorou a atuação e se mostrou sempre disposto a ajudar o Bahia, seja como titular ou vindo do banco.

“Feliz pelo gol. No jogo passado comecei jogando e conseguir atuar os 90 minutos. Hoje o professor optou por estar entrando no segundo tempo, mas isso é uma prova que queremos ajudar. Independente de estar começando ou entrar no decorrer na partida o importante é ser profissional e fazer o melhor para o Bahia”, disse.




Kayke também fez questão de valorizar o elenco do Esquadrão. Para o atleta, vencer foi importante, mas a equipe precisa continuar trabalhando para evoluir ainda mais.

“Quando a gente ganha, fica tudo bem. Infelizmente o futebol é dessa forma. Independente do triunfo é manter os pés no chão e saber que ainda temos muito a evoluir. O time é muito bom, tem muita qualidade técnica, mas ainda é só o começo. O time gradativamente vem evoluindo e hoje o segundo tempo foi uma prova disso”, comentou.

Sobre a pressão que o time vinha sofrendo no início da temporada, o atacante diz que ela sempre vai existir quando se trata de times grandes.

“Pressão é bem-vinda, ainda mais quando você veste camisa de um gigante. A gente está no maior do Nordeste, atual campeão. Sabemos da pressão, da torcida apaixonada e gigantesca que vai sempre cobrar. Tenho certeza que esse ano a gente vai conquistar grandes coisas”, finalizou.

VEJA:

Hora do Adeus?! Bahia quer grana para liberar Hernane ao Fluminense

Deixe seu comentário