Vitória decepciona com qualquer time em casa

"Prefiro ver meu time de longe. Pelo menos temos a chance de não ficarmos decepcionados"

“Estamos chateados, mas temos que entender que o que podia ser feito dentro de campo, foi feito. O Vitória não conseguiu vencer porque foi incompetente em colocar a bola para dentro. A verdade é essa Tivemos oportunidades, vários escanteios, faltas laterais, chutes de fora da área. Não podemos dizer que o time jogou mal, mas não fez o gol, o time não foi competente para isso”.

Foi no parágrafo acima a justificativa para empatar com o pior time do campeonato dada pelo nosso técnico Vagner Mancini.

É difícil ler essa justificativa para esse desastroso empate. Ainda mais quando lemos que o time não jogou mal. A não ser que o Mancini esteja desconsiderando a total apatia do time durante quase a totalidade do primeiro tempo de jogo onde vimos um time sem vibração, extremamente burocrático tocando bolas em excesso para as laterais do campo dando sinais claros que não sabia como invadir a defesa adversária.

Aí vem as comparações. Como conseguiu invadir defesas de times que estão na zona intermediária e na ponta da tabela fora de seus domínios? Ou será que o fantasma barradão está pesando no comportamento do time? Fico com a última opção.

Concordo parcialmente com o técnico quando justificou a atuação no segundo tempo como se fosse a atuação do jogo inteiro por que vimos o goleiro deles fazer duas grandes defesas além do pênalti que defendeu. Mas, ainda assim faltou o time ser ainda mais agressivo contra o time deles. Não entendi a presença de kieza dentro de campo desde o início do segundo tempo. Parece que os 200 mil de salário está pesando e parece que o clube quer um retorno do cara. Até que ele fez alguma coisa dentro de campo pois a maioria dos escanteios ele conseguiu cavar além do próprio pênalti.

Mas volto a mesma ladainha de sempre quanto ao comportamento do time dentro de campo quando joga dentro do Barradão. Não vemos o time jogar com a mesma disposição, a mesma confiança e alguns jogadores chave não mostram a mesma atuação como são os casos de neilton e Iago. Quem viu o jogo do Pacaembu contra os santistas viu outro time. Não este que jogou contra o fraco Atlético de Goiás. Não vou perseguir o estádio mesmo por que sou sócio-torcedor e não teria sentido pagar por algo que não vou usufruir. Mas, pelo bem do clube eu acho que valeria a pena o sacrifício de realizarmos nossos jogos fora do Barradão e mais ainda, fora do Estado da Bahia. Se isso não for possível ficaria satisfeito com um jogo apenas. Temos alguns jogos em casa contra Palmeiras, Cruzeiro e Flamengo. O jogo hoje teve apenas 3500 torcedores. Logo, não faria diferença se tivesse 35000 no estádio. É visível a falta de confiança dos jogadores e algo precisa ser feito para que o time volte a atuar de forma alegre e sem receio como já vimos em diversos jogos. Fora de Salvador.

Sem obrigação imposta por torcedores. E, já cansei de ver gente saindo do estádio insatisfeita mesmo com o time ganhando. Então, a hora de agir é agora. Infelizmente não tenho mais confiança nos jogos em casa.

Prefiro ver meu time de longe. Pelo menos temos a chance de não ficarmos decepcionados.

Marcos Guimarães, Vitória, amigo e colaborador do Futebol Bahiano 

 

Deixe seu comentário

1 Trackback / Pingback

  1. http://4rent.org.pl/zycie-codzienne-w-matriksie-115.php

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*