O Bahia é GRANDE. Pequeno é quem não quer aceitar!

O Esporte Clube Bahia apequenou-se em razão de gestões desastrosas, de temeroso recente passado. Que graças a Deus, está ficando no passado. Não fomos nós os que nos elegemos grandes. Foram os 12 (tidos e comprovadamente como grandes) que para completarei os 13 maiores do país. Convidaram um clube do mesmo quilate, com títulos e torcida. Assim nasceu o Clube dos 13, e isso não é como está em voga, mera convicções, são fatos, e contra estes não há sofismas que o desmentem. 

Ao invés ter chamado o Bahia, por que não chamaram o Vitória, o Sport, o Coritiba, o Atlético-PR, o Goiás? Por que será? Digo e repito que viver verá, no prazo de um lustro, o nosso Bahêa, brincando pari passu, entre os 12 melhores por conquistas maiores. Bahia é sim um time grande, não no meu ufanismo de torcedor, algo corriqueiro entre nós. Mas sobretudo, por ter sido o primeiro a ser campeão brasileiro,

Em uma época em que os melhores jogadores do mundo, davam espetáculo aqui e alhures. Numa época que os nossos craques tinham identificação com os clubes que os revelavam. Foi por consequente o primeiro representante das Libertadores, e trinta anos depois, reergueu o troféu maior dos troféus nacionais em 88, título este que nem mesmo o hoje líder Corinthians, havia vencido. É sim grande, tanto é que, é único clube, do nordeste em que a gigante torcida sem vida, do Flamengo perde em números na capital. Apesar de todo apoio irrestrito da Rede Esgoto. 

Pesquisem, já fizemos excursões memoráveis pelo velho continente, jogando contra times de expressões na Europa, até mesmo da antiga União Soviética, tá ruço para compreenderem ou não quer mesmo aceitar? Pesquisem. Sem falar no jogo contra o dos clubes mais poderosos do mundo o Chelsea. Vejam e fiquem se remoendo de inveja: 

Tá bom ou quer mais?

Tem algum clube aí da Bahia ou fora do eixo dos times dos 12 maiores que já tiveram a honra de jogarem contra esses clubes? Ah! Alguém por aí deve está pensando foi em um a época que a bola era feita disso e daquilo. Então os três primeiros títulos Mundiais da seleção Brasileira, nada valem. Como alguém pode ter presente se não tem passado? Se temos 29 anos sem um título nacional, o que isso apequena o Bahia? Se fomos parar na série C e B, faz parte do jogo. Vasco, Botafogo, Palmeiras, Grêmio, Atlético-MG, Internacional, O atual Líder, e Fluminense, este último também esteve por lá, na C. 

E quantos anos têm que o Flamengo foi campeão Mundial, O São Paulo, o Grêmio, o internacional? Quantos anos têm que os times do Rio de Janeiro, tidos como grandes, foram campeões brasileiros ou da Libertadores? Mesmo o título do Sport em 1987, é indubitavelmente questionável, mesmo sendo decido por um tribunal que nada entende de futebol, e hoje muito pouco de justiça.

Se se não acreditarmos em nós, que acreditará? Se se não demonstramos a grandeza do quilate do primeiro campeão brasileiro, do primeiro a disputar a Libertadores. De um clube que ser presidente e tão importante quanto ser governador, do mais belo estado e de um povo mais alegre entre todos os povos do mundo. Que irá nos defender contra os Vices da vida?

O Esporte Clube Bahia é sim GRANDE, pequeno é quem não quer aceitar. Se limite em sua pequenez e deixe a grandeza do Bahia, estende-se aqui e alhures sobre sua grande torcida. 

O BAHIA É UM GIGANTE. É UM GIGANTE O BAHIA!


É PARA MATAR DE INVEJA!!!


Lázaro Sampaio, tricolor e amigo do Blog.